Segunda-feira

D-Edge
Som: as luzes no teto, nas paredes e no chão de uma das melhores casas de São Paulo acompanham o ritmo das músicas. Para começar bem a semana,  a D-Edge toca rock a noite toda.
Mulheres: segunda-feira continua sendo a noite mais cheia de gatas na D-Edge. Loiras, morenas ou ruivas, elas vão te ajudar a nem pensar na ressaca da terça-feira. Garotas roqueiras, tatuadas e alternativas frequentam a casa na noite de rock.
Onde: Al. Olga, 170, Barra Funda
Quanto: R$ 40 de entrada

Ó do Borogodó
Som: um show ao vivo sempre garante que a sua semana comece bem no Ó do Borogodó. Apesar de ser segunda, vale a pena ficar até de madrugada no samba.
Mulheres: numa noite em que quase toda a cidade dorme, as meninas de saias rodadas e sapatilhas sambam no Ó. Elas estão sempre à procura de alguém para dançar com elas. O jeito é beber um pouco e cair no samba.
Onde: Rua Horácio Lane, 21, Pinheiros
Quanto: R$ 15 de entrada

Terça-feira

Rey Castro
Som: esqueça as músicas latinas e não precisa nem tentar aprender os passos da salsa. Toda terça-feira o Rey Castro abre uma exceção e toca soul, r&b e  funk (o original, não o carioca).
Mulheres: meninas elegantes e por volta de 25 anos frequentam o lugar. O ideal épagar uma bebida para ela, conversar nas mesinhas que ficam ao redor da pista edepois levá-la para dançar. É infalível.
Onde: Rua Ministro Jesuíno Cardoso, 181, Vila Olímpia
Quanto: R$ 25 de entrada

Quarta-feira

Alberta #3
Som: de terça a sábado o Alberta faz uma happy hour a partir das 19h, então vale a pena chegar mais cedo para tomar um uísque. Às quartas, a partir das 20h, tem a festa Rocks Off, só com clássicos do rock escolhidos pelos sócios da casa.
Mulheres: meninas alternativas de batom vermelho é o que mais tem no piso superior do Alberta #3. Elas vão fazer você esquecer que ainda é quarta-feira.
Onde: Av. São Luís, 272, República
Quanto: R$ 25 de entrada

Villa Mix
Som: a nova casa de sertanejo de São Paulo, inaugurada em novembro, toca as famosas músicas de sertanejo universitário, mas com a vantagem de que lá ninguém se veste como se estivesse no Texas.
Mulheres: a maior parte das gatas vai de vestidinho curto e salto alto. Para se dar bem, é preciso querer dançar, afinal loiras e morenas estarão na pista curtindo músicas de Michel Teló e Jorge e Mateus.
Onde: Rua Beira Rio, 116, Vila Olímpia
Quanto: R$ 120 de entrada

Quinta-feira

Lions Nightclub
Som: toda quinta-feira a Lions Night Club organiza a festa Groovelicious e toca a noite toda black music. É sempre bom chegar antes da meia-noite,  porque a fila fica grande depois disso.
Mulheres: modelos e estudantes são o forte da casa. Elas dançam R&B e funk a noite toda. As opções são tantas que é difícil você sair de lá sem ser acompanhado.
Onde: Av. Brigadeiro Luís Antônio, 277, 1o andar, Centro
Quanto: R$ 80 de entrada

Villa Country
Som: toda quinta-feira tem algum show de sertanejo no Villa Country, e eles lotam de meninas.
Mulheres: nas noites de quinta são cerca de três mulheres para cada homem. Precisa falar mais alguma coisa?
Onde: Av. Francisco Matarazzo, 774, Parque da Água Branca
Quanto: R$ 80 de entrada

Sexta-feira

Josephine
Som: o ambiente com luzes roxas fica no mesmo espaço que o antigo Club Hotel. Às sextas-feiras a balada tem DJs convidados que misturam house e disco.
Mulheres: garotas que parecem modelos frequentam a casa, sempre com vestidinhos curtos e saltos para você poder apreciar o corpo delas.
Onde: Rua Mario Ferraz, 950, Itaim Bibi
Quanto: R$ 200 (R$ 170 de consumação)

Estúdio Emme
Som: duas festas marcam as sextas-feiras do Estúdio Emme. A cada 15 dias é possível dançar soul music na Talco Bells, mas a festa que mais atrai mulheres é a mensal Goodfellas, sempre com bandas ao vivo.
Mulheres: de gatas de rasteirinhas e vestidos soltinhos até algumas com roupas mais descoladas, todas frequentam o Estúdio Emme, mas sem preocupação  de ter um vestido curto e decotado.
Onde: Rua Pedroso de Moraes, 1 036, Pinheiros
Quanto: R$ 30 de entrada

Sábado

Clash Club
Som: a cada sábado do mês o Clash Club promove uma festa com DJs diferentes tocando house, electro e disco para você poder se acabar na pista.
Mulheres: meninas descoladas, que não seguem o padrão vestidos curtos e justos, são predominantes no Clash. Você pode tentar começar a manhã do domingo ao lado de uma delas.
Onde: Rua Barra Funda, 969, Barra Funda
Quanto: a partir de R$ 40

Neu
Som: uma das baladas mais alternativas da nossa semana de baladas, a Neu toca indie, rock e pop sem preconceitos. Rola desde Michael Jackson até Nirvana.
Mulheres: sábado é lotado de gatas, na maior parte universitárias ou recém-formadas, sempre bem indie.
Onde: Rua Dona Germaine Burchard, 421, Água Branca
Quanto: R$ 30 de entrada

Domingo

L’absolu Bar
Som: aos domingos o bar promove uma sunset party que começa às 15h. Com uma pista de dança e uma varanda, um DJ toca house durante a tarde e a noite. Você pode tanto sentar-se à mesa quanto curtir a varanda.
Mulheres: gatas bem arrumadas frequentam o lugar. Apesar de ser domingo, elas capricham no visual e colocam até salto alto.
Onde: Rua Gomes de Carvalho, 1 715, Vila Olímpia
Quanto: entrada livre

Bardot Boteco Bistrô
Som: eclético do pop ao eletrônico, o ideal é chegar lá pelas 17h, sentar-se à mesa, beber uma cerveja e ir para a pista. Depois de conhecer uma gata, vale levá-la para a varanda para poder conversar melhor.
Mulheres: as muito bonitas e arrumadas frequentam o local. Uma delas vai fazer você fechar a semana com chave de ouro numa noite difícil de se virar em outros lugares.
Onde: Rua Clodomiro Amazonas, 260, Itaim Bibi
Quanto: entrada livre