O último gênio indiscutível da comédia americana, Will Ferrell foi visto pela última vez nos cinemas em um drama pesado. Pronto para Recomeçar, de 2010, fez míseras concessões para piadas e caprichou em um bocado de conflitos sobre alcoolismo e separação. Mas nesse ano, ele volta em dois filmes que prometem ser preciosas adições ao sagrado e seleto olimpo habitado por O Âncora, Quase Irmãos, Talladega Nights e o vídeo The Landlord.

Casa de mi Padre, que estreia nessa sexta nos Estados Unidos (ainda sem previsão no Brasil), tem Will Ferrell como um vaqueiro que tenta salvar o racho do seu pai, se apaixona pela noiva do seu irmão, interpretado por Diego Luna, enquanto é perseguido pelo traficante feito por Gael Garcia Bernal. O filme é falado em espanhol e tem um clima proposital de uma cruza entre Maria do Bairro e El Mariachi. Casa de mi Padre ainda tem o sensacional Nick Offerman, que faz Ron Swanson em Parks & Recreation, o personagem mais macho da TV.

Imagem de Amostra do You Tube

O outro filme é Rivais, com estreia prevista para o dia 26 de agosto no Brasil. O filme é o primeiro a unir Will Ferrell e Zach Galifianakis, único comediante a ameaçar a soberania do Ferrell. Os dois são candidatos a presidência disputando uma eleição. O filme ainda tem o detentor do posto de maior de outrora, o gênio Dan Aykroyd. Ainda não foram divulgados trailer ou poster de Rivais, mas já mantenha em seu radar.