Ringues, tatames, octógonos. Estamos sempre onde a porrada rola solta Claudia de Castro Lima

Ringues, tatames, octógonos. Estamos sempre onde a porrada rola solta

  • /// TUF Brasil 3 anuncia os 32 participantes

    A Globo divulgou a lista dos 32 participantes de duas categorias (peso-médio e peso-pesado) que participam do primeiro episódio do TUF Brasil 3, que estreia dia 9 de março na grade da emissora, depois do Big Brother Brasil (quando o BBB acabar, o TUF será exibido logo após o Fantástico). O primeiro programa da temporada é movimentado: nele, há 16 lutas, das quais sairão os 16 participantes que continuam efetivamente na disputa. Os dois treinadores são os desafetos Wanderlei Silva e Chael Sonnen, o que dá um molho especial ao programa, e a luta entre eles está marcada para o dia 31 de maio, no Brasil, mas em local ainda não definido. Confira abaixo, nas imagens reproduzidas do globoesporte.com, quem são os 32 participantes. Para visualizá-las em formato maior, clique na imagem e depois na lupa.

    Tuf pesados

    TUF medios

     


    /// Guia Placar do UFC chega às bancas dia 14

    O segundo especial que a maior revista de futebol fez sobre o maior evento de MMA do mundo acaba de sair do forno. O Guia Placar do UFC chega às bancas no dia 14 deste mês, com Anderson Silva na capa e na expectativa de dois eventos, o UFC 147, que acontece no Mineirinho, em BH, dia 23 de junho, e o UFC 148, que será em Las Vegas no dia 7 de julho. O primeiro deles vai contar com as finais do reality The Ultimate Fighter – Em Busca de Campeões, transmitido pela Globo. A disputa entre os técnicos Vitor Belfort e Wanderlei Silva, porém, vai ficar para depois – Vitor fraturou a mão na reta final de seu teinamento e será substituído pelo americano Rich Franklin. No UFC 148 acontece a esperada revanche entre Anderson Silva e Chael Sonnen.

    O Guia Placar do UFC tem 68 páginas e várias matérias não apenas sobre os dois eventos, mas também sobre o cenário do MMA no Brasil e no mundo. O jornalista Alexandre Matos, do site MMA Brasil, esteve em uma sessão de treinamento do Spider e revela as táticas de sua equipe para vencer Sonnen. Alexandre também escreve sobre os grandes “vilões” do UFC e sobre as 10 maiores revanches de todos os tempos. O jornalista Davi Correa, da Veja.com, diz quais são os maiores centros de MMA do Brasil e conta um pouco da história dos outros torneios importantes de MMA, como o Pride e o Strikeforce.

    O especial tem ainda entrevista com várias feras. O árbitro Mario Yamasaki falou com o editor Miguel Icassatti e duas lendas do MMA, Royce Gracie e Marco Ruas, falaram com esta jornalista, que também colaborou com o Guia Placar. Marcelo Alonso, um dos jornalistas que cobre há mais tempo MMA no país, relembrou todos os UFCs que viu no Brasil. E o Guia revela ainda a opinião de vários especialistas sobre os vencedores do TUF (que ganham contrato com o UFC). Para não entregar muito, saiba que Eduardo Ohata (Folha de S.Paulo), Renata Aymoré (canal Combate), Maurício Dehó (Uol), Mario Filho (um dos criadores do Sensei SporTV) e Mauros dos Santos (do site oLutador) tiveram opiniões quase unânimes.

    O Guia Placar do UFC custa R$ 10.


    /// Bodão garante vaga nas semifinais do TUF

    Numa luta emocionante, Thiago Bodão venceu Francisco Massaranduba no episódio de ontem do The Ultimate Fighter – Em Busca de Campeões. Agora, o lutador paulista segue para a semifinal do programa. Com a vitória, a equipe de Vitor Belfort fechou 6 a 1 sobre a de Wanderlei Silva, que não conseguiu aproveitar a vantagem de poder escolher os oponentes do combate para obter a segunda vitória consecutiva.

    Na luta mostrada ontem, o pupilo de Wand ganhou o primeiro round. Mas Thiago Bodão recuperou-se e dominou o segundo. Com o empate, um terceiro round seria disputado. Mas faltou preparo físico e Massaranduba não conseguia voltar para o combate. Bodão ainda chamou o oponente, disse para ele levantar, pensar na família e lutar. Mas o piauense não tinha forças – ele luta normalmente na categoria leve, mas, para entrar no TUF, passou para a dos pesos-médios.

    Agora, falta apenas uma vaga nos médios para as semifinais do TUF estarem completas. Ela será ocupada pelo vencedor da luta entre Serginho Moraes (Team Wand) e Delson Pé de Chumbo (Team Vitor). Todos os pesos-penas das semifinais já estão decididos: Godofredo Pepey, Rodrigo Damm, Hugo Wolverine e Rony Jason. No próximo episódio, os lutadores recebem a visita de Anderson Silva. Perdeu o episódio de ontem? Veja aqui.


    /// José Aldo deve defender cinturão no próximo UFC no Brasil

    A coletiva de imprensa marcada para ontem no Rio de Janeiro não foi muito esclarecedora sobre os rumos do UFC doravante chamado de Brasil, porque a cidade onde ele será sediado ainda não foi fechada. Na verdade, Dana White marcou a entrevista para dar uma satisfação à imprensa brasileira sobre a luta de Anderson Silva e Chael Sonnen, que sai do card do evento no Brasil e será mesmo realizada em Las Vegas, dia 7 de julho, no UFC 148. Segundo o presidente do UFC, a luta não vai mais acontecer no Brasil porque ele não conseguiu um lugar apropriado para ela (Dana queria que fosse em um estádio de futebol). Especula-se, no entanto, pressão dos cassinos de Las vegas para que essa luta fosse feita lá.

    De qualquer forma, o que o presidente do evento garantiu é que a final do TUF, com as lutas entre os finalistas do reality show e dos treinadores Vitor Belfort e Wanderlei Silva, será mesmo no dia 23 de junho, mas ainda não tem local definido. Ele disse ainda que o card terá mesmo Fabrício Werdum contra Mike Russow e que pretende trazer José Aldo para defender seu cinturão aqui. Aldo já estava escalado para o UFC 149, em Calgary (sem desafiante definido), e seria remanejado.

    Dedé Pederneiras, treinador e empresário do lutador, disse que ainda não havia recebido informação oficial do UFC sobre a possível luta. “Vi em um site americano, há alguns dias, uma afirmação de Dana White dizendo que pretendia trazer Aldo para o Brasil”, disse Dedé. “Entrei em contato com o matchmaker [o cara que casa as lutas] do UFC, mas ele também não tinha confirmação.” Para adiantar-se ao processo, Aldo fez todos os exames necessários no último sábado e viu que está apto para lutar. No entanto, é preciso saber quem será o adversário, e rápido – até 23 de junho, lembremos, há apenas oito semanas, tempo considerado o mínimo suficiente para uma preparação adequada para uma luta.


    /// “Se for ruim de caráter, tiro do TUF”, diz Dana White sobre os lutadores

    Dana White entre os treinadores do TUF, Vitor Belfort e Wanderlei Silva

    Para se dar bem no The Ultimate Fighter, reality show que a Globo exibe a partir de amanhã, depois do BBB, o sujeito tem que ser bom de briga, mas também tem que ser da paz. “O TUF é muito importante para o nosso negócio. São caras que estão tentando entrar para o UFC”, diz Dana White, em uma entrevista para a VIP. “Por isso, por causa da marca e da empresa, se tem um cara que é um ótimo lutador, mas não é uma pessoa legal, eu vou chutá-lo do show”, avisa o chefão do UFC. Mas ele contemporiza: “Os caras que estão nesta temporada são não apenas ótimos lutadores como também ótimas pessoas. Estou impressionado”.

    Dana comentou também sobre a reclamação dos produtores do programa, publicada há duas semanas pela revista VEJA, a respeito do mau cheiro da casa em que os 16 lutadores que participam do programa estão confinados – muito homem só comendo proteína, imagine no que dá. “Pegue 16 caras, coloque-os em uma casa, sem contato com outras pessoas e sem mulher… É uma situação interessante”, brinca o chefão do UFC. “Se não for por uma mulher, o cara não escova os dentes, não toma banho. Mulher é muito importante para equilibrar o mundo.”