VIP Vintage Marcelo Orozco

O lugar dos tesouros retrô: carros, produtos, propagandas, fotos, vídeos… tudo das antigas

/// A primeira mulher no espaço

A sorridente moça acima é a russa Valentina Vladimirovna Tereshkova. Quem? Apenas a primeira mulher a ir ao espaço.

Ela foi uma das 400 inscritas no programa espacial da União Soviética. A prática do paraquedismo a ajudou a ser a selecionada para a missão Vostok 6. O foguete foi lançado em 16 de junho de 1963 e passou praticamente 3 dias no espaço (mais exatamente 2 dias, 23 horas e 12 minutos).

Valentina estava com 26 anos e era uma civil — foi transformada em militar da força aérea soviética apenas porque isso era exigido para participar de uma missão. Hoje ela está com 75 anos.

A foto acima autografada por Valentina é uma das curiosas relíquias da era da corrida espacial encontradas no tumblr húngaro Scanzen, que também reúne imagens antigas de outros assuntos.

Todos os posts do Scanzen com a tag “astronaut” (com fotos, selos, cartões postais, caixinhas de fósforo, capas de revistas) podem ser acessadas neste link. Pinçamos algumas para ilustrar este post.

A corrida espacial entre União Soviética e Estados Unidos foi intensa nos anos 1950 e 1960, quando na Terra os dois gigantes políticos travavam a Guerra Fria para ver quem tinha mais influência sobre quantos países do planeta. Não contentes, partiram para a disputa da conquista do que havia fora daqui.

Os soviéticos dispararam na frente. Lançaram:

  • o primeiro satélite artificial a sair da Terra (Sputnik, em 1957);
  • o primeiro ser vivo a entrar em órbita (a cadelinha Laika, também em 1957; ela morreu no espaço);
  • e o primeiro ser humano a sair da Terra (Yuri Gagarin em 1961; abaixo, uma caixinha de fósforos com a imagem dele, feita na Tchescoslováquia, um dos países controlados pela União Soviética durante a Guerra Fria).

Após começar em enorme desvantagem, a NASA, a agência espacial dos Estados Unidos, fez rápidos e enormes progressos ao longo dos anos 1960.

E o maior troféu para os cosmonautas soviéticos e os astronautas americanos (a disputa dos impérios rivais chegava ao ponto de dar nomes diferentes para exatamente a mesma profissão) era a chegada à Lua. Quem pisasse primeiro no satélite natural da Terra “ganharia”.

Na prática, foi isso o que aconteceu. Depois que o astronauta americano Neil Armstrong (ao lado, numa foto posada de 1966) e, momentos depois, seu colega Buzz Aldrin (abaixo, fotografado de costas na Lua por Armstrong) pisaram na Lua em 20 de  julho de 1969, a corrida perdeu muito de seu impacto e encanto.

 ”Quero ser astronauta” era uma resposta típica das crianças dos anos 1960 à pergunta “o que você vai ser quando crescer”.

Por isso, havia produtos relacionados de tudo que é tipo para a molecada — de capacetes até as caneta espacial da NASA, que prometiam escrever por 100 anos “até de cabeça para baixo”, como diz o anúncio abaixo.

Porém, pós-chegada americana à Lua, a febre espacial diminuiu. E, já no final dos anos 1970, ser astronauta não era mais uma das principais aspirações profissionais da infância.

***

(Imagens: reproduções do tumblr Scanzen)


/// Um blog de cartões postais antigos e absurdos

O tumblr Bad Postcards garante diversão com sua coleção de cartões postais inusitados, de gosto duvidoso, involuntariamente ridículos, sem sentido ou pouco atraentes (alguns conseguem a proeza de se encaixar em TODAS essas categorias e, se bobear, mais algumas). As “obras-primas” reunidas pelo blog foram feitas nos Estados Unidos entre 1950 e 1975 — supostamente para serem enviados pelo correio para parentes e amigos como lembranças de lugares visitados.

Entre os cartões menos estranhos, estão os que têm imagens de pin-ups, especialmente as que exibem as belezas de cidades de praia americanas.

Já a Miss Nebraska 1968 teve menos sorte, posando com um bife gigantesco para promover a carne de seu estado.

Mas passemos às bizarrices: que tal “Vincent Van Dogh”, um cachorro bancando um pintor de quadros? Ou um urso xeretando um carro?

E o que motivaria alguém a pagar o selo e enviar pelo correio postais com toscas estátuas de cera de Abraham Lincoln, presidente dos Estados Unidos no século 19, e sua esposa?

No quesito “postais contra a insônia”, imagens como essas abaixo não dão vontade de visitar os estados de Wyoming e Oklahoma?

Encerramos nosso pequeno apanhado do Bad Postcards com a encantadora e empolgante vista de um… viaduto!

São apenas algumas das dezenas de preciosidades do Bad Postcards. Para ver a coleção completa desse blog, clique aqui.