Polenta com tudo

Poucos pratos combinam tão bem com tantas coisas

polenta

Assim como maioria dos pratos da culinária italiana, a polenta é bastante popular no Brasil e em outros países da América do Sul. Ela está presente em restaurantes especializados em galetos e massas como acompanhante do prato principal. Também compete com a batata frita como a melhor porção para se pedir nos bares. Enfim, opções não faltam.

A polenta nasceu na região norte da Itália ainda nos tempos do Império Romano, tempo em que era feita de farinha de aveia. Com a chegada dos espanhóis na América e consequente produção de milho na Europa, o principal ingrediente mudou.

Pode ser servida mole, dura, grelhada ou frita  – e com uma infinidade de outros alimentos para combinar. Veja algumas dicas.

Polenta com doce-de-leite

Nenhum doce combina melhor com a polenta do que o doce-de-leita. É calórico, verdade, mas vale a pena. Essa mistura é bastante comum no Sul do país e na Argentina. O gosto final se assemelha bastante ao de churros.

Polenta com carne de porco

É normal vermos essa combinação. Polenta vai muito bem com presunto, salame e costeleta de porco. A mistura pode ocorrer em qualquer formato da polenta. Há quem goste de assá-la já com o salame junto. Já com o presunto e as costeletas, o melhor é servir separado.

Polenta com queijo

Pode ser qualquer um. O queijo é um dos melhores ingredientes para se forrar a polenta, principalmente com um molho vermelho ou pesto junto.

Polenta com tomate

É perfeito. Basta uma fatia de tomate em cima da polenta para se assar junto e voilá. Isso também fornece um aspecto agradável que possibilita servir no jantar para os amigos ou para a sua gata.