7 coisas que só quem esteve numa final de Champions viu

A VIP estava lá e viu de perto a 12ª vitória do Real Madrid no campeonato

Estar numa final da Champions League é para bem poucos. Mais especificamente, para 170 mil pessoas do mundo inteiro que se deslocaram até Cardiff, capital do País de Gales – sendo que apenas 65 mil entraram realmente no Millennium Stadium para assistir à brilhante partida que acabou em Real Madrid 4 x 1 Juventus. VIP teve essa sorte. E contamos aqui o que só nós vimos:

1 – No quesito torcida, só deu Juve. Os torcedores do time de Turim eram muito mais numerosos tanto na fan zone quanto espalhados pelas ruas de Cardiff, alguns pintados e até fantasiados de zebra. E faziam muito, mas muito barulho.

2 – O hit porto-riquenho “Despacito” tocando pelas festas, ruas e restaurantes da cidade-sede da final da Champions League. E sendo cantado por todo mundo, não importava a nacionalidade.

3 – Gente comprando na última hora ingressos e pagando até 2500 libras (ou 10 444 reais) nas ruas que circundavam a arena.

4 – O calor que o show de fogos da cerimônia de abertura provocava no público presente no Millennium Stadium. O local estava com a cobertura fechada como medida de segurança adotada pela polícia de Cardiff e pelo serviço de inteligência britânico. O medo era que o estádio sofresse um ataque de drone.

5 – Cristiano Ronaldo dando um discreto sorrisinho irônico quando anunciaram seu nome no estádio e metade do público o vaiou.

6 – O ex-jogador holandês Edgard Davids fazendo cara de poucos amigos e pose blasé para quem pedia uma foto com ele no lounge da Nissan, na Castle Cardiff Village, a área de hospitalidade da Uefa e das marcas patrocinadoras do evento.

7 – Por outro lado, o técnico Joel Santana sendo super-simpático com os fãs no Millenium Stadium e ouvindo piadinhas do tipo: “Ainda bem que o encontrei. Precisava mesmo de um tradutor para o inglês aqui em Cardiff”.