[Agenda] – Setembro chegou com cinema, streetwear e NFL

O que parecia impossível aconteceu: setembro chegou, e com ele eventos que vão, desde festival de gastronomia até a volta do futebol americano. À agenda!

A volta da NFL (08 de setembro)

Crédito: Reprodução

A última vez que a bola oval voou pra valer foi no dia 7 de fevereiro, desde então foram seis meses de especulações, aposentadorias e draft, tudo para culminar no próximo dia 8 de setembro, quando Denver Broncos e Carolina Panthers reeditam a última final para o pontapé inicial da temporada 2016-17 da NFL. Com o nome cada vez mais estabelecido no Brasil, a liga de futebol americano continua a receber grande cobertura na mídia brasileira, com a ESPN passando uma média de seis jogos por semana na TV fechada e Esporte Interativo passando ao menos três jogos por semana na programação aberta. O destaque da primeira semana da temporada é, claro, a reedição do último Super Bowl entre Panthers e Broncos, que agora precisa sobreviver sem Peyton Manning. Ainda na semana 1, New England Patriots e Arizona Cardinals fazem o primeiro jogo de sábado à noite entre os vice-campeões de suas conferências.

 Exposição Sk8- Hi (até 24 de setembro)

Depois de exposição em São Paulo, a Vans continua suas festividades de 50 anos da marca no Rio de Janeiro. Em parceria com o artista plástico e colaborador da marca, Flavio Sponton, a marca ícone da Streetwear fará uma mostra na galeria Homegrown em Ipanema. Usando como base o modelo Sk8-Hi, primeiro de cano alto da marca, o artista irá apresentar diversas customizações do modelo usando temáticas e plataformas distintas. A exposição começa no dia 1 de setembro e se estende até o dia 24. A entrada é franca.

 Os Muitos e o Um: Arte Contemporânea Brasileira na coleção Andrea e José Olympio Ferrera (de 4 de setembro a 23 de setembro)

Já acostumado a grandes exposições, o Instituto Tomie Ohtake recebe, entre os dias 4 a 23 de setembro, a mostra “Os Muitos e o Um: Arte Contemporânea Brasileira na coleção Andrea e José Olympio Ferrera”. Com curadoria do norte-americano Robert Storr e Paulo Miyada, a exposição traz um panorama da arte moderna brasileira ao longo do século XX através de uma das maiores coleções privadas do Brasil. A exposição ocupa todas as três partes do Instituto, cada uma com enfoque diferente. No eixo histórico, Alfredo Volpi, Lygia Clark e Hélio Oiticica estão presentes como os principais nomes das primeira e segunda fase do modernismo brasileiro. O outro eixo, e maior de todos, engloba o período de 1970 a 1990, aonde será possível ver obras de Adriana Varejão, Miguel Rio Branco e Tunga. O último eixo traz artistas brasileiros que despontam no cenário da arte, como Erika Verzutti e Marina Rheingantz. A entrada é franca.

 Taste Festival (de 8 a 11 de setembro)


O Taste Festival é quase um tratado da gastronomia mundial, presente em 20 cidades ao redor do mundo, e chega pela primeira vez a São Paulo trazendo 14 dos melhores e mais badalados chefs da cidade. Entre 8 e 11 de setembro na Clube Hípico de Santo Amaro, restaurantes como Fasano, Mocotó e Maní estarão presentes para apresentar aos visitantes seus pratos clássicos que fazem parte da alta gastronomia paulistana. Além dos restaurantes, os visitantes também poderão participar de palestras e aulas sobre gastronomia, além aproveitar de uma venda com alimentos e bebidas premium. Os ingressos para o evento custam R$ 50 para os dias 08 e 09/09 e R$ 60 para sábado e domingo. Crianças de 2 a 10 anos pagam R$ 5 todos os dias

  73ª edição do Festival de Cinema de Veneza (até dia 10 de setembro)

Crédito: Reprodução

Segundo mais importante festival do circuito europeu, o Festival de Veneza chega a sua 73ª edição com uma programação eclética, apostando em nomes jovens de Hollywood, porém nunca deixando de lado a preferência por filmes mais autorais. O filme que abriu o festival foi o musical La La Land, estrelando Ryan Gosling e Emma Stone, com Damian Chazele na direção, mesmo diretor do ótimo Whiplash e que vem sendo cotado como um dos melhores de sua geração. Outro diretor de carreira jovem que lança seu novo filme em Veneza é  Tom Ford, ex-nome forte da Gucci que resolveu investir no cinema. No festival, trouxe o filme Nocturnal Animals com Jake Gyllenhaal e Amy Adams atuando em um thriller dramático que vem sendo bem aceito pela crítica. O já veterano Wim Wenders também traz novidades para esse ano com o filme introspectivo The Beautiful Days of Aranjuez, que se passa quase todo em um único cenário. Na linha de filmes mais hollywoodianos, o destaque fica para A Chegada, sci-fi que conta com Amy Adams e Jeremy Renner. Porém, o destaque da película está na direção: o diretor Denis Villeneuve é considerado pela imprensa especializada o melhor diretor jovem de Hollywood. Seus trabalhos em Sicario e Incêndios foram muito bem recebidos. Além disso, o diretor também está dirigindo a esperada sequência de Blade Runner. Um nome para ficar de olho.