Gustavo Kuerten é a capa de maio da VIP

O atleta, que sempre soube equilibrar a carreira com a vida pessoal, chega à VIP para nos ajudar a definir o verdadeiro significado de "qualidade de vida"

Nosso Especial Qualidade de Vida não poderia ter outro personagem principal. Guga, 20 anos depois da primeira conquista de Roland Garros, é um homem centrado, articulado e que faz profundas reflexões.

(Marlos Bakker/Divulgação)

Quando chega ao nosso encontro, o ex-tenista não se furta a abrir a todo momento o largo e característico sorriso. Mas, logo que surge de bermuda cáqui, camisa polo e chinelos slip on, fica claro que ele não é um garotão, daqueles que se recusam a crescer. Guga é um homem completamente consciente de seus 40 anos e dos fios grisalhos que disputam cada vez mais espaço na cabeça que já ostentou uma longa, encaracolada e rebelde cabeleira loira. É concentrado, atento a tudo, sério até.

Durante nossa conversa, Guga fala de sua carreira, seus projetos e, claro, de Roland Garros. “Brinquei de ganhar Roland Garros. Inconsequentemente, sem saber o real significado de tudo aquilo. Caso contrário, seria um colapso. Hoje eu entendo e consigo enxergar o que realmente aconteceu.”

Sexta-feira (28) nas bancas e nos tablets!