Para as mulheres, ter um parceiro feio traz mais felicidade

Pesquisa comprova que não é dinheiro nem status o que elas querem. E você aí sem saber por que seu amigo mal diagramado faz a parceira rir à toa

jaybaruchel

(Reprodução/Getty Images)

Não é dos carecas, dos galãs nem dos endinheirados. Elas gostam mesmo é dos mais feios.

Quem diz isso é um estudo feito pela Universidade Estadual da Flórida. Para ser mais específicos, as mulheres são mais felizes quando o parceiro é menos atraente que elas.

Para chegar nesta constatação, os pesquisadores avaliaram as relações de 113 casais recentes para entender o papel da atração física entre eles.

A análise começou com um questionário sobre dieta e vaidade. Cada participante foi classificado como desejável ou não, de acordo com a aparência do corpo e do rosto (por mais polêmico e subjetivo que isso seja).

carla bruni

(Reprodução/youtube)

As respostas das mulheres que tinham maridos considerados menos atraentes indicavam que elas seguiam uma dieta alimentar com mais disciplina, dispostas a manterem sempre a boa forma – um indicativo forte de vaidade.  

Diferente para as mulheres que tinham parceiros galãs. “Os resultados revelam que ter um marido fisicamente atraente pode ter conseqüências negativas para as esposas, especialmente se essas elas não são tão bonitas”, diz a pesquisadora Tania Reynolds.

Já na outra ponta do estudo estavam as mulheres que tinham os maridos “menos gostosos”.

Como não tinham um parceiro sexy, as garotas até se cuidavam mais, mas menos por obrigação e mais pela saúde e autoestima. Tampouco se preocupavam com possíveis concorrentes.

As relações destes casais, portanto, são mais saudáveis, com menos inseguranças e cobranças. Logo, elas era mais felizes ao lado dos menos favorecidos esteticamente.

Ou seja, pode sorrir, amigo! Esse estudo é a prova que para toda “fera” existe uma “bela”.