Saia do óbvio: entenda os números do Dia da Mães

Você não está sozinho: 40% das pessoas não sabem com o que presentar suas mães

Presentes, flores, almoços, abraços, parabéns e aquele chato filho querido que sempre diz que “todo dia é dia das mães”. O roteiro do Dia das Mães é sempre o mesmo, queira você ou não.

Aqui na VIP foi a mesma coisa de todo ano: chegada a data, começamos a pensar no que postar referente a ela. Pensamos em lista de presentes (a gente explica mais embaixo por que você vai precisar dela), um teste (mais entre milhares), algo totalmente fora da caixinha (tipo essa nossa nota de 2013). Mas no final das contas, algo que chegou para nós e despertou n

ossa curiosidade foi um levantamento Google com alguns dados curiosos da data do tipo: você sabia que 49% das mulheres aproveitam a data para presentear a si mesma? Abaixo, alguns números que explicam a importância da data para o varejo e algumas outras curiosidades.

Indecisão

Acredite, você não é único que sofre para encontrar o presente perfeito. Na verdade, segundo a pesquisa do Google, 40% das pessoas não fazem ideia do que comprar. Logo, o que elas fazem? Consultam o grande oráculo da internet, claro. Ao pesquisar, 33% das pessoas buscam eletroportateis para suas mamães. Mas, no final das contas, apenas 26% das pessoas acabam comprando esse tipo de produto. A explicação para essa busca — e logo depois a desistência — está no valor médio gasto pelas pessoas para presentear. Em 2017, foi avaliado que o gasto médio por presentes foi de R$ 453, porém uma análise mais detalhada dos dados mostra que mais de 50% das pessoas gasta entre R$51 a R$ 200. Com a alta de preços, encontrar um elétrodoméstico inesquecível por esse valor se torna uma tarefa difícil.

Google-Consumer-Survey-numero-dia-das-maes-vip

(Google Consumer Survey/Reprodução)

O que dizer?

Expressar amor e carinho em forma de palavras nem sempre é fácil, nós sabemos. Tão difícil que na época do Dia das Mães a busca por mensagens, músicas, vídeos e frases que ajudam nesta tarefa aumentam consideravelmente. O problema é se você mandar a mesma mensagem que seu irmão, mas, entre 350 mil vídeos que homenageiam mães disponíveis no Youtube, essa coincidência se torna quase impossível . Apesar da enorme variedade de mensagens cibernéticas, 48% das pessoas tem intenção de ficar com suas respectivas mamães. O mínimo a se fazer para homenagea-las.