“Mulher Maravilha” terá sessões só para mulheres nos EUA

A ação gerou polêmica entre alguns homens que se sentiram excluídos ¯\_(ツ)_/¯

Um sala de cinema da rede Alamo Drafthouse em Austin, no Texas, Estados Unidos, está promovendo sessões do filme “Mulher-Maravilha” só para mulheres. A ideia está sendo um sucesso e os ingressos se esgotaram rapidamente, mas vem gerando polêmica entre homens que se sentiram excluídos e estão acusando a ação de ser “sexista”.

A Alamo afirmou que as sessões não visam separar os públicos mas tem um caráter comemorativo em meio à luta pela igualdade de direitos.

“A super-heroína mais icônica das histórias em quadrinhos finalmente tem seu próprio filme e não há maneira melhor do que essa para celebrar. Desculpem-nos, rapazes, mas estamos abraçando nosso poder feminino dizendo que homens não são permitidos por uma noite especial no Alamo Ritz”, diz o enunciado.

A equipe que trabalhará durante a sessão também será composta somente por mulheres.

“Mulher-Maravilha”, protagonizado pela israelense Gal Gadot, está chamando atenção pelas ótimas críticas que vem recebendo e chega aos cinemas brasileiros no dia 1 de junho.

Newsletter Conteúdo exclusivo para você
E-mail inválido warning
doneCadastro realizado com sucesso!