Os barrados de Sgt. Pepper

O álbum-ícone do rock fez 50 anos nessa semana. A capa tem os Beatles e uma fotomontagem com várias personalidades. E teve gente que ficou de fora

Adolf Hitler

(Getty Images/Reprodução)

Sugestão de John Lennon para o painel de figuras históricas montado pelo artista Peter Blake. Imagens dos bastidores mostram que um boneco do nazista (em versão jovem, sem bigode) foi feito. Mas, em cima da hora, todos optaram por deixá-lo de fora.

Albert Einstein

Einstein

(Getty Images/Reprodução)

O gênio da ciência foi vítima de seu posicionamento no painel. Seu boneco estava ali no meio, mas ficou encoberto por Lennon. Seu cabelo ainda aparece sobre o ombro direito do beatle. Mas para quem apenas olha a capa sem saber disso, Einstein não está nela.

Jesus Cristo

Jesus

(Getty Images/Reprodução)

Lennon também pediu o homem de Nazaré em Sgt. Pepper, mas a ideia já foi barrada antes que um boneco de papelão fosse feito. Ainda era recente a  repercussão negativa da declaração de John de que os Beatles eram mais famosos que Jesus.

Leo Gorcey

Gorcey

(Getty Images/Reprodução)

Hoje esquecido, o ator foi famoso como delinquente juvenil em Anjos de Cara Suja (1938). Ele exigiu 400 dólares para autorizar o uso de sua imagem. Acabou apagado da foto, deixando um vazio na fileira do topo, e virou nota de rodapé da música pop.

Mahatma Gandhi

Gandhi

(Getty Images/Reprodução)

O líder religioso indiano estaria junto à planta do lado superior direito da capa, logo abaixo de Lawrence da Arábia. Porém, sir Joseph Lockwood, presidente da gravadora EMI, mandou apagar para não sofrer boicote no mercado da Índia.

Newsletter Conteúdo exclusivo para você
E-mail inválido warning
doneCadastro realizado com sucesso!