Papo VIP — 3 perguntas para Arnon de Mello, o homem-forte da NBA no Brasil

Nove brasileiros jogam basquete na maior liga de basquete do mundo. Veja as expectativas para os jogos olímpicos 2016

Arnon Affonso de Farias Mello Neto, que completa 40 anos neste mês, está à frente das operações brasileiras do escritório da National Basketball Association desde 2012. Principal liga de basquete do planeta e quarta maior liga esportiva do mundo, com receitas de 4,8 bilhões de dólares só na última temporada, a NBA está cada vez mais internacional: tem seus jogos transmitidos para mais de 215 países, 101 atletas estrangeiros (entre os 450 que fazem parte dos 30 times) e 14 escritórios espalhados pelo mundo. Desses, o maior mercado fora dos EUA é a China – Brasil vem logo em seguida, com resultados importantes. O sonho dos cartolas do torneio é que o basquete popularize-se cada vez mais por aqui, a ponto de se tornar o segundo preferido pelos brasileiros. Uma missão árdua – para a qual Arnon foi escolhido a dedo, depois de uma longa procura.

O perfil completo do Arnon, você confere na edição 374 da VIP (já nas bancas e nos tablets).  Aqui um papo rápido sobre as expectativas do empresário para as Olímpiadas 2016.

Veja também: