Filtros
Guillermo Klein e Los Guachos – R$ 66,40

Lançado em 2008, Filtros é a busca do argentino Guillermo Klein pelo minimalismo e pela união de jazz e canções tradicionais do seu país, como na música Vaca. A canção de abertura, Va Roman, deve agradar a todos: é contemporânea e leve. Outro ponto forte são o saxofone e a percussão afiada do grupo Los Guachos.

Beyond the Sound Barrier
Wayne Shorter Quartet – R$ 86,10
“O maior compositor vivo de jazz.” Assim o The New York Times define o saxofonista Wayne Shorter, que já fez parte do quinteto de Miles Davis. Seu último álbum ao vivo, Beyond the Sound Barrier, lançado em 2005, levou três anos
para ficar pronto. A espera valeu a pena.

Time Lines
Andrew Hill – R$ 86,10
Quando lançou Time Lines, em 2006, o pianista Andrew Hill foi eleito pela Playboy americana o artista de jazz do ano. Um mestre. Sua versatilidade pode ser percebida em Ry Round e Ry Round 2, duas músicas com a mesma melodia e praticamente a mesma estrutura, mas uma é o oposto da outra: Ry Round é tímida, enquanto Ry Round 2 é divertida.

Backatown
Trombone Shorty – US$ 10,99*, amazon.com
Com 24 anos, Trombone Shorty tem um dos discos de jazz mais esperados deste ano. Backatown o traz ligado às raízes de sua cidade, New Orleans, ao mesmo tempo que flerta com o rock. Hurricane Season abre o disco com uma guitarra tão poderosa quanto o Katrina, furacão que devastou sua terra natal em 2005.

The Fred Hersch Pocket Orchestra: Live at Jazz Standard
Fred Hersch – R$ 68,80
Em 1977, Fred Hersch tinha 22 anos e já tocava seu piano com ícones como Art Farmer. Trinta e dois anos depois, lançou The Fred Hersch Pocket Orchestra: Live at Jazz Standard, álbum eleito pelo Wall Street Journal entre os dez melhores de jazz de 2009. Repare na música Stuttering: os dedos de Fred têm vida própria.

Sky Blue
Maria Schneider Orchestra – US$ 16,95*, artistshare.com
Maria Schneider observa pássaros. Isso mostra que a compositora é ligada em natureza. Deve ser por isso que seu álbum Sky Blue tem cheiro de terra molhada. Também deve ser por isso que a música Cerulean Skies traz sons de pássaros. A música ganhou o Grammy em 2008 como Melhor Composição Instrumental.

Avatar
Gonzalo Rubalcaba – R$ 64,73
Doze álbuns e 18 anos depois de emergir no Festival de Jazz de Montreal, o pianista cubano Gonzalo Rubalcaba lançou, em 2008, Avatar, um encontro entre seu piano, o sax de Yosvany Terry e a bateria de Marcus Gilmore. A música Infantil (Dedicated to John McLaughlin) é uma bela demonstração do que Gonzalo é capaz.

Modernistic
Jason Moran – R$ 47,90
O pianista Jason Moran não gostava de piano, até que ouviu Thelonious Monk e se encantou. Pois graças a Monk temos hoje um compositor que busca romper com as barreiras do jazz. Ao ouvir Gangsterism on a Lunchtable, nona música deste álbum lançado em 2002, temos nada menos que uma batida de hip hop, só que no piano.

In Flux
Ravi Coltrane – R$ 86,10
Ravi tem o jazz no sangue. Filho da pianista Alice e do lendário saxofonista John Coltrane, ele sustenta o peso do sobrenome com trabalhos excelentes. Lançado em 2005, In Flux, seu quarto álbum de estúdio, é um exemplo. Sua versatilidade é um ponto forte: pode animar, como em Coincide, como ser mais intimista, como em For Zoë.

Kinsmen
Rudresh Mahanthappa – US$ 16,68*, amazon.com
Eleito o saxofonista de 2009 pela Associação de Jornalistas de Jazz dos EUA, Rudresh Mahanthappa lançou em 2008 o álbum Kinsmen, uma catarse de jazz misturado com música da Índia. Durante todo o disco observamos as influências dos ascendentes de Rudresh, desde a primeira música, Introspection.

* mais impostos e frete