É possível ganhar dinheiro enquanto assiste a jogos de futebol

Juliano Fontes, investidor e especialista em trading esportivo, ensina como é possível transformar a paixão pelo futebol em renda

Se o futebol é uma paixão nacional, a tendência é que esse amor pelo esporte aumente ainda mais. O motivo para que isso aconteça, é o fato de poder ganhar dinheiro durante uma partida de futebol por meio de uma modalidade chamada Trading Esportivo. É o que explica Juliano Fontes, que atua nesta área há cerca de 10 anos, é autor do best-seller “Invista em Futebol” e criador do portal Investimento Futebol. Juliano conseguiu transformar sua paixão pelo esporte em fonte de renda, e explica os 5 fatos necessários para que alguém consiga ganhar dinheiro enquanto assiste a jogos de futebol.

1- Parece aposta… mas não é! O que é o Trading Esportivo:

Trading Esportivo não é o mesmo que uma simples aposta. Em vez de apostar apenas no time favorito ou em algum resultado, torcendo por um final incerto, o Trading Esportivo exige que seja feita uma leitura do jogo. “Você faz seus investimentos, conforme sua análise, no resultado mais provável naquele momento, para depois vender aquele investimento quando ele for valorizado dentro dos 90 minutos do jogo”, explica. “A possibilidade de prejuízo é muito menor que na aposta, e com algumas estratégias é possível reduzir os riscos e aumentar o lucro”, explica Juliano. Estas operações são realizadas online por meio de sites especializados, conhecidos como bolsa esportiva.

2- Como funciona na prática:

Juliano, que ensina novos interessados na área a ganharem mais dinheiro, explica como funciona o trabalho de um trader esportivo. “Se você está assistindo a um jogo, e aos 15 minutos do primeiro tempo percebe que o placar em 0x0 não deverá mudar nos próximos minutos, você pode apostar a favor do empate. Então, poucos minutos depois desta aposta, você pode vendê-la com uma pequena margem de lucro, e o jogo já terá sido vantajoso”, conta. Essa operação pode ser repetida ao longo do jogo, inclusive com outras possibilidades de resultado, caso um time dos times faça um gol. “Existem dezenas de estratégias a se fazer, dependendo do momento do jogo, do campeonato, do time, ou de outros fatores”.

3- Não é dinheiro fácil, e os valores podem variar muito:

Ao contrário do que muitos pensam, ganhar dinheiro com o Trading Esportivo não é algo passivo, que exige simplesmente dar alguns cliques e se divertir com uma partida. Pelo contrário: Juliano sugere que não seja feita nenhuma movimentação durante um jogo do time do coração, ou dentro de uma competição que mexa com alguma paixão específica. “Prefira sempre os jogos que não tenham muita ligação com você, e aproveite os dos times europeus, já que lá existe mais liquidez na bolsa esportiva”, explica, destacando que, no fim das contas, o trabalho de Trader Esportivo é semelhante a um trabalho autônomo, que exige estudos e dedicação, e pode ser praticado como profissão ou como uma opção de renda extra.

4 – Quanto é possível ganhar

Os valores são muito variados. “Tenho alunos que ganham R$ 500,00 por mês e outros que ganham de R$ 2.000,00 a até R$ 5.000,00, mas isso depende de muitas coisas, como o tempo de dedicação, o conhecimento das estratégias e até o período do ano e os campeonatos”, conta, alertando que há muitas pessoas que não estudam as estratégias e não conseguem bom faturamento. “É preciso estudar bastante”.

5- Habilidades necessárias

Juliano alerta que, embora qualquer um possa ser um trader esportivo, é importante reunir algumas características para se dedicar a esta atividade. “É necessário gostar muito do esporte e ter muita vontade de aprender, além de sangue nos olhos para conseguir bons resultados”, explica. “Você vai precisar de estudo, paciência e controle emocional”, conclui, destacando que todas essas habilidades podem ser desenvolvidas e melhoradas, exceto o amor pelo futebol.

6-Quanto apostar

O Trading Esportivo tem chances de ganhar mais adeptos em breve. “Eu indico que o trading esportivo seja iniciado com valores de R$300 a R$500, mesmo que a pessoa tenha mais para aplicar”, explica. “Evite começar com grandes quantias, e lembre-se sempre de ter um plano B para qualquer investimento”, alerta, sugerindo que sempre haja diversidade de aplicações quando o assunto é investir. Por fim, Juliano conta que o Brasil tem a possibilidade de ganhar uma nova regulamentação das bolsas esportivas, o que deve aumentar o número de participantes. “Isso deve deixar o Trading Esportivo ainda mais vantajoso”, completa.