Mais que moda: a criação da Reserva por Rony Meisler

O tema do primeiro livro de Rony Meisler é a criação de sua grife Reserva. Mas poderia ser inovação

O pica-pau tem asas, assim como a Reserva, grife que teima em voar alto. Com apenas 11 anos de vida, ainda uma pré-adolescente, a marca atingiu um céu de brigadeiro raro no mercado brasileiro de moda. A história da Reserva está contada no primeiro livro de Rony Meisler, CEO, cofundador e rosto sempre sorridente da marca. Boa parte desse sucesso se deve à busca incessante pela originalidade. “Queremos ser de verdade, autênticos e não idênticos ao que existe por aí”, afirma Rony.

Dentro da equipe, ao ponderar sobre seguir ou não determinada ação, a reflexão é obrigatória: o receio é pelo resultado em si ou por medo de desagradar? Ou seja: na dúvida, a Reserva faz. Frente a críticas de uma suposta falta de informação de moda, a marca do pica-pau responde com uma variedade entre o surfwear de origem, uma alfaiataria descolada e a desejada coleção urbana apresentada em março na São Paulo Fashion Week, com belíssimas peças de tons camuflados e estampas produzidas em parceria com a tradicional Liberty London, entre outras.

rebeldes-tem-asas-livros-estilo-reserva-cultura-vip

(Veja Rio/Reprodução)

A apresentação na SPFW, aliás, foi um happening. Em vez do tradicional desfile de passarela, banda de jazz, drinques e interação com os modelos. As ações de marketing da grife alcançam sempre muita repercussão, dos manequins de ponta-cabeça nas vitrines em épocas de liquidação ao patrocínio do banco de reservas do Estádio do Maracanã. Mas nem só de barulho vive a marca. Ações inusitadas como o sistema de venda e entrega on-line da loja do Shopping Fashion Mall, sem estoque, justificam a escolha recente da empresa como uma das mais inovadoras do mundo pela revista Fast Company.

O livro deverá ser lançado este mês (depende apenas da negociação final com a editora). Começa com a história da família Meisler, o que explica muito dos valores da Reserva. “Venho de família judaica, que tem muito senso de comunidade, com forte atuação social, na qual os amigos são irmãos”, afirma. Uma das ações da marca é a doação de cinco pratos de alimento a cada peça vendida, em parceria com a ONG Banco de Alimentos. Uma curiosidade: trata-se de uma das raras empresas que oferecem licença-paternidade aos funcionários. Bom para os pais, bom para as mães, bom para os filhos.

Veja também