Mayara Rios: “Uma coisa é elogiar, outra é exagerar e ficar chato”

A paulista de 20 anos é formada em fotografia, mas às vezes passa para o outro lado das lentes, como neste ensaio exclusivo para o site da VIP. "O único problema é que a pessoa que te vê pelada acha que você está disponível", diz

“O que eu mais gosto de fazer depois de fotografar é dançar”, diz Mayara Rios, uma paulista de 20 anos formada em fotografia. Além de uma faculdade completa, ela tem oito anos de ballet no currículo — seu sonho é se formar bailarina, mas apenas por prazer, não para dar aulas ou coisa do tipo.

Sim, você leu certo: Mayara tem apenas 20 anos. Aos 15, disse ao pai que gostaria de ser fotógrafa e ganhou uma câmera. No início, ela tirava fotos de cenários da natureza, passando depois para diferentes tipos de evento, como casamentos e festas infantis, ramo que segue hoje em dia como freelancer.

Aqui no site da VIP, no entanto, ela se encontra do outro lado das lentes: na posição de modelo. O ensaio acima não foi o primeiro de Mayara. Ela já apareceu em outras duas publicações, um site masculino e uma revista. Por ser fotógrafa, diz, consegue se movimentar melhor quando assume o papel de fotografada. “Penso como ela está vendo e como eu veria. Isso me ajuda a posar”, disse à VIP.

O único problema é que a pessoa que te vê pelada acha que você está disponível.

Infelizmente, Mayara já passou por situações desagradáveis, como nas vezes em que recebeu mensagens de homens com conteúdo agressivo nas redes sociais e de fotógrafos que vieram com uma “conversa diferente”. A fotógrafa-modelo, que tem namorado, tem todo o apoio do companheiro. “Ele acha lindo! O único problema é que a pessoa que te vê ali pelada acha que você está disponível. Não é porque estou fazendo esse tipo de trabalho que eu não ligo para mais nada. Uma coisa é elogiar, outra é exagerar e ficar chato”, contou Mayara.

Ela também nos contou que começou um projeto com fotos sensuais – de outras meninas – com uma pegada diferente: “Eu transformo em um filme de cinema e coloco legenda em cima da foto.” O projeto ainda não foi batizado e as fotos não foram lançadas, mas isso está nos planos para muito em breve.

Qual seu lugar preferido para relaxar
Pegando uma estrada. Eu gosto muito de ir pro litoral, tem muita coisa linda, e ir brisando nas paisagens.

Como foi o ensaio? Você já conhecia a Mariana Caldas?
Eu sempre segui o Poeme-se e acabei descobrindo que era da Mari. Curti a página dela de fotografia, e um tempo depois, ela me adicionou no Facebook e conversamos para marcar um ensaio. Topei porque admirava muito ela.

– —- –

Agradecimentos:
Raphael Braga
Wild Style
Chapéu Beachwear