Guia de sobrevivência (amorosa) no Facebook

Você já sabe que rede social é o lugar perfeito para rever antigas amizades, manter contatos profissionais, matar tempo do trabalho… Agora inclua na lista o item “ferrar relacionamentos”. No Reino Unido, uma firma de advocacia calcula que o Facebook é citado em um em cada cinco divórcios. Nos Estados Unidos, o site lidera a lista de redes sociais que mais influenciam no fim de relacionamentos. “O ambiente digital torna-se um espaço perfeito para  acompanhar os passos do outro, a ponto de tornarse uma vigilância constante”, diz Eric Messa, coordenador do curso de comunicação em mídias sociais da Faap. A arquiteta Carla (nome fictício) sentiu isso na pele. Em janeiro, visitou a página de um antigo rolo, por “pura curiosidade”. O namorado viu e virou um bicho. “Pela briga que tivemos, parecia que eu havia visitado meu ex pessoalmente”, diz. No Brasil, o Facebook cresce na preferência e já conta com 9 milhões de usuários. Para Luis Fernando Santos, gerente de mídias sociais da consultoria Predicta, o site é o campeão em oferecer combustível a ciumentos.

“No Orkut, um comentário era mostrado apenas para algumas pessoas. Já o Facebook divide a informação com todos os seus amigos”, explica. Para não afundar seu namoro no primeiro “curtir”, VIP reuniu dicas certeiras.

1 Apague comentários comprometedores
Não adianta tornar-se o carola número 1 do Facebook se seus amigos sempre fazem comentários como se você (ainda) fosse solteiro e baladeiro. Para não correr riscos, sempre acesse seu perfil para apagar qualquer faísca comprometedora. O segredo é usar a notificação por e-mail do Facebook para saber quando alguém postou uma foto ou comentou no seu mural. “As pessoas têm o hábito de cancelar todas as notificações ou de deixar todas habilitadas e receber uma enxurrada de e-mails. Configurar para receber só os e-mails mais importantes (taguear fotos, por exemplo) pode ser uma boa forma de identificar problemas logo que eles são postados”, afirma Luis Fernando Santos.

2 Defina sua privacidade
Use as ferramentas do site a seu favor e esconda novidades de sua namorada. “O Facebook dá uma possibilidade de customização fantástica, contato a contato. Controlando seus posts e customizando as opções de segurança, você consegue usar o Facebook de modo que só as informações desejadas cheguem a determinadas pessoas”, afirma Luis. Que tal começar impedindo que sua namorada receba na página dela as fotos que seus amigos publicam de você? Dá também para proibir comentários daquele ex-rolo que fica no seu pé. Para personalizar, clique em “conta”, no canto superior direito da tela, “configurações de privacidade” e depois “personalizar configurações”.

3 Abuse do “sair”
Simples e esquecido, o “sair” do Facebook garante que ninguém vai acessar sua conta ao mexer no computador. Isso evita desde que engraçadinhos escrevam “queria ser uma borboleta” no seu perfil, até que a sua namorada se depare “sem querer” com aquele seu diálogo com uma gata da faculdade.

4 Fique longe do mural dela
Ao abrir o Facebook, você clica no perfil de sua garota sem pensar? Pare agora. Não tem por que acompanhar cada passo dela nas redes sociais. “É preciso evitar o impulso de controlar as atividades virtuais do seu parceiro. Você não faz isso no dia a dia, por que fazer no Facebook?”, pergunta Eric Messa. “Lembre-se que pode haver diferentes interpretações para determinada atitude do seu par.” E outra: olhando o dela, você abre precedentes para ela te vigiar também.

5 Não dê a senha para ela
Se fizer isso, daqui alguns meses você estará dando senha de celular, de computador, de banco. “Confiança não se adquire com devassamento da sua vida íntima. É muito melhor quando você convida sua namorada a participar, ler o que está escrevendo ou demonstrar total tranquilidade sobre o assunto”, afirma a psicóloga e terapeuta sexual Ana Canosa, colunista da VIP.

6 Seja cuidadoso ao falar com a ex
O Facebook é um prato cheio para encontrar antigas namoradas ou aquela gata com quem você ficava na praia. Mas é praticamente certo que sua garota vai ficar sabendo. Não significa que não se deva nunca conversar com ex-rolos ou exnamoradas, mas certa cautela nessa área é importante, principalmente se a namorada é alguém fundamental em sua vida e você quer mantê-la. Para uma conversa mais apimentada, utilize o serviço de mensagem privada da rede social e tenha certeza de apagar o diálogo antes de sair do site.

7 Fuja das crises de ciúme
Ela sempre reclama de suas ações na rede? Nesse caso, explique a ela que você preza as amizades, gosta das redes sociais e que não vê mal nenhum em conversar com as pessoas, o que inclui amigas mulheres. Se ela insistir, explique novamente, avalie com ela quais foram os comentários que ela julgou inadequados e pondere.

8 Nunca revele seu estado civil
O problema não é dizer se você é casado, se tem namorada ou se está solteiro. A dor de cabeça começa caso você precise mudar o seu status (ao terminar um namoro, por exemplo). Isso acabará sendo motivo para uma longa discussão da sua vida íntima entre seus conhecidos. “É muito tititi que não leva a nada. Vale lembrar que as redes sociais são usadas para buscar contatos profissionais, inclusive por empresas”, diz Ana Canosa.

9 Não pense estar protegido
“As pessoas precisam perceber que tudo que circula na internet é um reflexo do mundo real. E tão real quanto, ainda que virtual”, diz Rosa Maria Farah, psicóloga responsável pelo Núcleo de Pesquisas da Psicologia em Informática (NPPI) da PUC-SP. Enfim, não faça nada no Facebook que você não faria no seu dia a dia.

Cuidado: sua rede social pode ser usada contra você
As páginas de diálogos e fotos em redes sociais já são usadas como provas em processos na Justiça. É o que conta a advogada Michelle Reicher, sócia do escritório Imparato e Reicher Advocacia, especializado em direito de família em São Paulo. De acordo com ela, comentários e fotos de redes sociais são utilizados principalmente em pedidos de pensão alimentícia ou em reconhecimentos de uma união estável. “Em um caso de pedido de pensão, por exemplo, se  o homem alega que não tem dinheiro para nada, mas em sua rede social aparecem fotos de uma viagem para a Suíça, isso será usado no tribunal”, diz Michelle. Seu relacionamento não anda dos melhores e há risco de terminar na Justiça? Ouça o conselho da advogada: “Apague sua rede social, não conte intimidades, não coloque fotos nem mostre seu padrão de vida”.