Nas bancas

Nesta edição

Na revista

Vinte anos depois da primeira conquista de Roland Garros, ele encontrou a equação ideal – trabalhar muito e relaxar sempre