Estudo afirma que adultos fazem menos sexo do que há 20 anos

Adultos fazem até nove vezes menos sexo do que no final dos anos 1990

Um estudo realizado nos Estados Unidos com quase 27.000 pessoas chegou à conclusão que os adultos americanos estão fazendo menos sexo do que há 20 anos. A frequência é até nove vezes menor em comparação com o final dos anos 1990.

Para Ryne Sherman, co-autor do estudo, é possível que para as pessoas mais jovens esta seja uma decisão consciente. Os millennials estariam passando seu tempo fazendo outras atividades com outros propósitos. O crescimento das redes sociais e novas plataformas de entretenimento como a Netflix poderia ser uma das razões para isso.

Cath Mercer, pesquisadora da University College em Londres, observa que os dados americanos são semelhantes com os do Reino Unido, no entanto, ela enfatiza que a quantidade não é necessariamente equivalente com qualidade. Em entrevista ao jornal britânico The Guardian, ela diz que “uma questão mais importante é se as pessoas estão felizes ou não com suas vidas sexuais”.