Realidade bizarra: robô sexual agora ouvirá seus problemas

E até o final deste ano, teremos uma evolução considerável na primeira inteligência artificial capaz de fazer sexo

A linha de bonecas RealDoll, da companhia Abyss Creations, consiste de uma coleção de robôs sexuais customizados, ajustáveis em diversas poses. Desde 1996, a empresa leva o assunto a sério e, este ano, será oferecido aos clientes opções como genitália sintética aquecida, que reagem a um simples toque.

Porém, a empresa ainda pretende dar um passo a frente no quesito realidade — mais próximo de humanos, ou seja, com discretas imperfeições. No mês de abril, Harmony foi apresentada ao público: trata-se do primeiro exemplo de inteligência artificial capaz de fazer sexo.

A seguir a Harmony:

fotosex

(Reprodução/Twitter/Fonte padrão)

Na sequência, Harmony responde pergunta de fã:

O software ganhará atualizações até o final de 2017, possibilitando as bonecas a reagir a estímulos e responder perguntas. De acordo com informações oficiais, elas também perguntarão sobre o seu dia e ouvirão a todos os seus problemas, sendo engajadas algumas discussões.

Fora a questão clara de isso ser muito Black Mirror, ainda há um quê dos robôs sexuais de Westworld nessa mistura. É a ficção científica pura caminhando para a bizarra realidade.

Ainda ficou curioso? Então vale a pena conferir o site do RealDoll [+18].