Facebook pretende unir seu cérebro ao computador

Se o futuro depender da empresa, estas potentes "máquinas" trabalharão como uma só

O Facebook quer que você comece a utilizar algo mais “natural” do que um simples mouse para controlar seu computador: a sua mente.

A empresa de Mark Zuckerberg revelou nesta F8 que eles estão procurando maneiras de interagir com os smartphones/PCs utilizando somente o poder cerebral.

Regina Dugan, da divisão de hardware Building 8, exibiu uma demonstração explicando um pouco o conceito. No vídeo, vemos uma mulher no laboratório de Stanford capaz de digitar oito palavras por minuto diretamente pelo cérebro dela.

Dentro de alguns anos, como ela afirma, há expectativas de o sistema interpretar até 100 palavras por minuto, o que é cinco vezes mais rápido do que você pode digitar no celular, de acordo com ela.

“Sua atividade cerebral carrega mais informações da maneira que uma palavra soa e a maneira como ela é soletrada; também contém informação semântica do que estas palavras significam”, completa Regina.

Assim, também é possível remover a barreira de linguagens: “você pode pensar em mandarim, mas falar espanhol”, por exemplo. Seria este um adeus às aulas de inglês particular?