Mercedes: táxi inteligente deve estar nas ruas em menos de 8 anos

Em parceria com a Bosch, a empresa começa um programa para produzir táxis autônomos

Daimler, empresa filial da Mercedes, uniu-se a multinacional alemã Bosch para desenvolver um programa para serviços de “taxis inteligentes”.

A parceria deve ter o software autônomo até 2025 — depois disso, torna-se exclusivo por dois anos para uso de veículos da Mercedes. O objetivo a tecnologia é possibilitar usuários de fazer corridas de táxis (autônomos), utilizando somente um smartphone.

O projeto unirá a experiência em produção automotiva da Daimler e as “habilidades” da Bosh em produzir sistemas/hardwares para acelerar o desenvolvimento dos táxis. Estes carros devem atrair o interesse do público em geral pela prática de car sharing, como alega a empresa.

A ação de promover a tecnologia de carros inteligentes não é a primeira no mundo automobilístico: Waymo — filial da Google — já se uniu à Fiat (Chrysler) para o lançamento de um táxi-robô até o final deste ano, e a BMW também deve lançar um programa de carros autônomos em 2021, em parceria com a Intel.