Última empresa que fabricava aparelhos de VHS encerra produção

A fabricação terminará no fim deste mês

Se você viveu nos anos 1990, certamente se lembra dos famigerados videocassetes. Deve recordar muito bem também de ter que rebobiná-las antes de devolver a fita nas locadoras e etc, não? Bons tempos (?)! Isto tudo é passado, a gente sabe. Mas por incrível que pareça, em um mundo com Netflix, Blu-ray e DVD ainda existia um último moicano no mercado, a Funai, que vendia seus VHS sob a marca Sanyo em boa parte do mundo.

VEJA TAMBÉM:

Aparentemente o sonho acabou. No último ano a empresa vendeu apenas 750 mil unidades, números insuficientes para sobreviver — nos anos 90 a empresa chegou a vender 15 milhões de fitas em uma temporada.

Segundo apuração da publicação japonesa Nikkei, a fabricante também decidiu parar de produzir os tocadores de videocassete porque tem ficado muito difícil conseguir as peças necessárias no mercado, o que inviabiliza o negócio.

Ou seja, chegou a hora de dar tchau para sua coleções de fitas ou esperar que no futuro elas voltem à moda como os vinis — pouco provável, mas quem somos nós para duvidar da humanidade e suas modas?