Como livrar a cara dos sinais de cansaço

Siga estas dicas para um upgrade imediato no rosto - e todo o resto

 (Star Max/Reprodução)

Você curte a noite como se não houvesse amanhã, bebe todas, faz muito sexo, rala a madrugada para entregar o relatório que procrastinou o dia todo, leva todos os problemas do escritório para a cama e, depois disso tudo, ainda quer acordar bem? Ok, você tem esse direito – e nós, a solução.

Mesmo varando noites, não precisamos mais de olheiras como as do velho Nosferatu. Você pode até estar um completo bagaço por dentro, mas vai ficar com a aparência de novo em folha. Resiliência, meu caro, resiliência.

 

Situação #1

Bebeu a noite toda em casa com os amigos e apagou no sofá

O problema
Acordou com a cara amassada, boca seca, os lábios manchados de vinho e um baita bafo de onça. “A bebida alcoólica está associada ao mau hálito (halitose) e ao ressecamento das mucosas”, diz Claudio Mendes Pannuti, professor doutor de periodontia da Universidade de São Paulo. E nosso corpo precisa de água para eliminar o álcool. “Quando a ingestão não é suficiente, a pele pode ficar desidratada, pois o organismo usa a água dos tecidos periféricos para metabolizar adequadamente o álcool”, afirma a dermatologista Denise Lage, de São Paulo.

Como prevenir
A gente sabe que é difícil, mas, antes de apagar, escove os dentes. Mantenha o corpo hidratado, alternando água com o álcool. “Ingerir três litros de água sempre ajuda muito”, alerta a dermatologista Carla Góes, de São Paulo.

Como remediar
Com limpeza bucal completa: escovação, fio dental e antisséptico – escove a língua também. Remova a mancha de vinho dos lábios com a escova e aplique hidratante labial. Lave o rosto com água fria para diminuir o inchaço. Use sabonete facial e um hidratante na sequência.

 

 

Situação #2

Saiu do treino, mas parece que correu uma maratona, e tem jantar com ela na sequência

O problema
Está oleoso da cabeça aos pés, pele melada, suor em excesso por todo o corpo.

Como prevenir
Aplique um antitranspirante poderoso, sem cheiro – isso diminui o estrago, acredite -, use luvas na aula de musculação para proteger as mãos e evitar calosidades e mantenha os pelos do corpo aparados, como os das axilas, por exemplo.

Como remediar
Um bom banho, com os produtos certos, é salvador. Aposte em xampus que retiram toda oleosidade do couro cabeludo com essência energizante (eles existem!). Para o rosto, use um sabonete líquido à base de ácido glicólico, que retira células mortas e qualquer resíduo de poluição e oleosidade. Aliás, que tal uma esfoliação no corpo todo para mandar tudo para o ralo? Finalize com um perfume fresco.

 

Situação #3

Dirigiu a madrugada toda e vai conhecer a família dela pela manhã

O problema
Mãos detonadas, pés cansados e doloridos. Dirigir várias horas seguidas pode ocasionar calosidades nos dedos e deixar as mãos ásperas e os pés inchados.

Como prevenir
Mantenha as mãos sempre hidratadas. Em relação aos pés, o ideal é escolher um sapato confortável e com flexibilidade. O uso de meias que facilitam a transpiração é uma boa: opte por tecidos tecnológicos que não encharcam. Um bom talco ou spray antisséptico ajuda a manter os pés secos e livres das bactérias que causam mau cheiro.

Como remediar
A dica é usar cremes esfoliantes para mãos e pés, no máximo duas vezes na semana, e um creme hidratante com princípios ativos, como ureia, para tratar a pele seca e áspera. Para o inchaço, a recomendação é dormir com os pés mais elevados na próxima noite de sono. Segundo a dermatologista Denise Lage, algumas pessoas têm alergia da borracha do volante, ficando com as mãos vermelhas, com descamação e coceira. Se for o caso, procure um dermatologista.

 

 (Reprodução/Divulgação)

Situação #4

Teve insônia e tem apresentação para os clientes de manhã

O problema
Olhos vermelhos, olheiras profundas, palidez, cara de acabado. Não dormir pode causar irritação e falta de lubrificação dos olhos. Os efeitos na pele são: palidez, poros dilatados, sem viço, olheiras profundas, escuras e inchadas – e no longo prazo a coisa só piora.

Como prevenir
O ideal é dormir, em média, oito horas por dia ou até seis com boa qualidade de sono, procurando sempre compensar as horas em claro.

Como remediar
De acordo com Renato Neves, diretor-presidente do Eye Care Hospital dos Olhos, em São Paulo, quem passa muito tempo sem dormir expõe os olhos a uma situação de estresse. “Eles normalmente ficam avermelhados, ressecados e irritados. Em situações-limite, em que não é possível cochilar por alguns minutos, é importante que a pessoa pisque os olhos com mais frequência e se hidrate, ingerindo bastante água. Lavar o rosto com água corrente em abundância também é indicado nesse tipo de situação”, diz ele. Já na pele, a dica da dermatologista Carla é usar cremes ou um sérum gel que possua ação drenante para a região dos olhos.

 

Situação #5

Viagem a trabalho com dez horas de voo seguida de reunião

O problema
A barba já cresceu, a pele ressecou no avião, os olhos ardem (especialmente se usa lente) e você não dormiu.

Como prevenir
Ter uma boa noite de sono antes da viagem, fazer a barba antes de entrar no avião e criar o hábito de hidratar a pele – isso inclui os lábios – para o estrago não ser tremendo. “Quem costuma viajar bastante pode, inclusive, levar sempre um frasco de ‘lágrimas artificiais’ e lubrificar os olhos a cada três horas”, afirma Renato Neves.

Como remediar
“Durante viagens longas, hidrate-se bastante – isso também vai evitar dor de cabeça, boca seca e câimbra”, diz o especialista. Já que não vai dar tempo de tomar um banho, o jeito é usar uma compressa com algodão embebido em água gelada para ajudar a diminuir as olheiras. Um hidratante para a área dos olhos melhora a aparência da região – alguns têm efeito instantâneo para bolsas e olheiras. Um corretivo vai ajudar casos mais graves – mas só se você souber usar. Mais: para dar um upgrade na cara de acabado, aposte em um hidratante matificante com efeito instantâneo para o rosto. “Ativos como DMAE, por exemplo, esticam a pele”, diz Denise Lage.

 

 (Warner Bros/Reprodução)

Situação #6

Está virado da balada e tem reunião no dia seguinte

O problema
Couro cabeludo oleoso com resíduo de finalizador de cabelo (gel ou pomada), poluição, cheiro ruim. O ar condicionado intenso também é um problema: “Se associado ao uso de bebida alcoólica, teremos cabelos ressecados e sem brilho no dia seguinte”, alerta Carla.

Como prevenir
Para não chegar no trabalho com os fios podres, aposte em duas gotas de reparador de pontas antes de sair de casa. É importante que o produto seja à base de óleos essenciais, para não ficar oleoso. “Isso diminui a desidratação dos fios”, diz a dermatologista.

Como remediar
Lave bem os fios com xampu e condicionador específico para seu tipo de cabelo – antes de desmaiar na cama, se possível! Aliás, pode ser uma boa hora para você fazer uma faxina no couro cabeludo e nos fios. Use um xampu antirresíduo, que lava profundamente os fios, eliminando restos de produtos e toda sujeira que possa estar acumulada. Lembre-se que esse produto deve ser usado com moderação para não agredir o cabelo.