Os 5 erros mais cometidos pelos homens que usam barba

Não é preciso adotar nenhuma rotina elaborada. Basta corrigir alguns hábitos ruins e encontrar os produtos certos para o seu tipo de fio

barba

 (Pixabay/Reprodução)

Não dá mais para ignorar que cuidar da aparência garante pontos de autoestima e vai bem no emprego, com a parceria…

Então você já está  careca  cabeludo de saber que não é só os fios da cabeça que precisam de atenção. A barba também requer cuidados para fugir do aspecto de desleixo.

O melhor: não precisa adotar nenhuma rotina elaborada, basta corrigir alguns hábitos ruins para manter ela limpa e macia.

Ao lado de Vinicius Danieli, proprietário da rede OBDE (O Barbeiro da Esquina), montamos a sequência definitiva para manter o visual lenhador intacto e atraente. Confira:

 

Água não basta

Assim como os cabelos, a barba também precisa ser lavada regularmente – e só água não é suficiente. “Por terem fios mais grossos e espessos, necessitam de um tratamento específico”, explica Vinicius.

Usar shampoo e condicionador para barba na hora de lavagem é fundamental.

E não esqueça de secar com secador. Deixar a barba molhada durante um bom tempo pode ser uma senhora roubada. Com isso você evita a proliferação de fungos e bactérias.

 

Sabonete não basta

O sabonete limpa os pelos, mas não o suficiente para mantê-la saudável e macia.

Por serem mais grossos que os fios do cabelos, eles precisam de um produto que cuide de verdade, que ajude a desembaraçar os nós e reparar a fibra capilar.

O shampoo de cuidado diário usado para o cabelo pode ser usado, porém é bom que se diga que ele não limpa e hidrata profundamente os fios da barba. Para falar a verdade, se usado muitas vezes pode ressecar os fios da barba tornando-os ásperos.

Para as barbas grisalhas o ideal é usar o shampoo matizador, (os roxos) para deixar os fios brancos com tom prata, obtendo assim um grisalho mais uniforme.

As barbas ruivas e loiras podem usar shampoo com bases de ervas, deixando os fios mais sedosos.

 

Qualquer shampoo? Não, Senhor

É muito comum que os homens utilizem qualquer shampoo que estiver no banheiro para cuidar da barba, sem se preocuparem com os ativos presentes na fórmula. “Os fios masculinos são naturalmente mais espessos e, graças à testosterona, produzem mais sebo junto à raiz tornando o cabelo naturalmente mais oleoso”, explica Vinicius.

A saída é usar produtos desenvolvidos especialmente para os cabelos masculinos.

Hoje temos uma linha de produtos especificas para barba, shampoos, condicionadores, balms (ceras), óleos hidratantes, escovas, entre outros. Tudo para moldar e fortalecer a textura.

 

Esquecer de aparar a barba regularmente 

Mesmo quem pretende deixar o cabelo crescer precisa cortá-lo de vez em quando para que continue forte e saudável.

Essa regra também vale para as barbas, que são frequentemente negligenciadas. Um barbeiro pode aparar a barba de uma maneira que combine com o formato do rosto e sustente a textura do fio.

Para as barbas cheias o cuidado tem de ser redobrado. Muitos tentam consertar a barba em casa e quando chegam na barbearia, o erro pode custar caro. “Já tivemos casos de pessoas que tiveram que diminuir muito a altura da barba por conta de erros cometidos em casa”.

 

Hidratação é a alma do negócio

Já que os pelos da barba são mais grossos que os do couro cabeludo, eles precisam passarem pelo estágio de hidratação com mais frequência.

Condicionadores ajudam nessa missão, mas óleos capilares conseguem fazer efeito mais rapidamente, por causa do seu poder de nutrição.

Uma pequena quantidade é suficiente para transformar a aparência e a textura da barba, que ficará macia, cheirosa e alinhada.

Newsletter Conteúdo exclusivo para você