Por que os homens estão perdendo o cabelo tão cedo

A calvice deixou de ser um problema de homens mais velhos. E isso pode ser explicado pela ciência

Mao no cabelo

 (Flickr/Reprodução)

Fazer o cabelo crescer com tônicos, como nos desenhos animados, não é a melhor solução se seus fios estão caindo antes do tempo esperado.

A calvice deixou de ser um problema “de tio”. Hoje em dia, cada vez mais jovens sofrem com a iminência de ficarem carecas. E isso pode ser explicado.

Os primeiros sinais são conhecidos.

As “entradas” que surgem entre a cabeça e a testa, com alguns buracos de cabelo ralo, são os primeiros indícios de que você é um dos homens fadados a ter a cabeça despelada durante a vida.

Ainda que o processo de “encarecamento” seja uma consequência natural da vida do homem, muitos encaram a difícil tarefa de dizer adeus aos cabelos ainda na juventude.

Algumas razões revelam por que a juventude está sofrendo com isso.

Vem da testosterona

O dermatologista Rodney Sinclair comenta que o DHT ou dihidrotestosterona é um dos grandes vilões. O ativo existem em abundância no corpo do homem e bloqueia a recepção de nutrientes que entram pelos folículos capilares. Com isso, os fios tendem a cair. Quase 95% dos casos de calvice contam com problemas também associados a esse hormônio androgênico.

No stress

Outra explicação para a queda de cabelo é Alopecia areata, uma doença autoimune inflamatório que também ataca os folículos. A genética, em partes, é responsável. Mas situações recorrentes de estresse ou um trauma específico – que desencadeia o estresse – são as principais motivações para verdadeiras clareiras aparecerem na cabeça. 

Cuidados pessoais 

Outra causador da calvice precoce é a falta de boa alimentação, uso desmedido de drogas e medicamentos sem supervisão médica. O cabelo, como outras partes do corpo, também é um reflexo de como você trata o carcaça por inteiro.

A dica é sempre se cuidar, para que o corpo não apresente falhas aos poucos.

Perdendo cabelo

 (Pixabay/Reprodução)

Uma das notícias tristes, caso você já sofra com isso desde o meio da adolescência, é que a genética é impiedosa.

Quando está “no sangue”, o máximo a se fazer é retardar os efeitos. Curar mesmo, é uma jornada quase impossível.

O elixir

O Minoxidil é um dos medicamentos mais populares para combater a calvice. Ele atua na redução de pressão arterial e pode controlar as quedas.

O outro é a Propecia ou Fesnaterida, que age na vértice e na área de meio-anterior do couro cabeludo, também podendo manter os fios mais grossos, já que muitos tem os fios fragilizados por conta da condição. 

Portanto, se você apresenta as famosas e indignas entradas, fique atento aos cuidados necessários e se você não anda devendo um pouco mais de atenção com o próprio corpo.

Consulte um médico, conheça mais sobre seu caso e pesquise sobre as melhores formas de adiar a vida careca. E sem essa de ficar “careca de saber”.

Newsletter Conteúdo exclusivo para você