Saúde dos pés: 10 práticas para evitar chulé, frieiras e micose

Você se preocupa com sua barba e seu cabelo e não dá a mínima atenção para seus pés? Mulher, meu caro, repara em tudo

Pé

 (Pixabay/Reprodução)

Pés masculinos, ao contrário dos das mulheres, que têm o alento de uma sandália de vez em quando, passam basicamente o tempo todo envoltos em meias e sapatos.

Como suam mais, são mais propensos a desenvolver problemas como proliferação de fungos, bactérias e micro-organismos que provocam chulé, frieiras e até micose.

Também diferentemente das mulheres, homens não costumam ir a pedicures ou podólogos para dar um trato nessa parte tão negligenciada do corpo.

O resultado é que, quando o tempo esquenta e você resolve usar chinelos, os pés estão medonhos: unhas mal cortadas, calcanhar mais craquelado que a terra árida do sertão nordestino.

Para sua namorada não virar a carinha com nojo, cuide deles já.

Aqui damos dicas de como tratá-los no dia a dia e uma receita de um verdadeiro spa dos pés.

 

Siga ao pé da letra

Diariamente

1. Nunca use um mesmo par de meias por dois dias seguidos.

2. Também não repita o calçado de um dia para o outro. Quando o tirar dos pés, deixe-o em um local arejado por algum tempo.

Calçado

 (Pixabay/Reprodução)

3. Em casa, use um chinelo ou fique descalço.

4. No banho, lave todos os dedos e a sola dos pés. E não se esqueça de enxugar tudo muito bem, inclusive entre os dedos. Nunca use meia com os pés úmidos.

Pé

 (Pixabay/Reprodução)

5. Aplique hidratantes específicos para os pés. Não use sapatos apertados ou que “peguem” em algum canto dos pés. Isso pode causar calos.

 

Pelo menos a cada 15 dias

6. As unhas dos pés crescem num ritmo mais lento do que as das mãos. Apará-las a cada 15 dias ou mais é suficiente.

7. Corte as unhas dos pés em formato reto. Aquela forma arredondada propicia o encravamento.

8. Depois de cortá-las, lixe-as levemente, para que não fique nenhuma ponta.

Pé

 (Pixabay/Reprodução)

9. Caso a unha encrave, não cutuque os cantinhos porque a inflamação pode piorar. Nesse caso, vá a um dermatologista.

10. Faça um escalda-pés (veja como abaixo).

 

Pés escaldados

A esteticista Vânia Monticelli, da Clínica Carla Albuquerque, é quem dá as dicas

 

  •      Coloque em uma tina 2 a 3 litros de água quente (entre 38 e 40 graus), uma colher (café) de óleo vegetal de semente de uva ou 15 gotas de óleo essencial de lavanda.

 

  •      Encha o fundo da tina com bolinhas de gude e solte o peso dos pés sobre elas.

 

  •      Faça uma massagem vigorosa na região do dorso dos pés, mais relaxante na planta e alongadora nos dedos.

 

  •     Mergulhe os pés por 15 minutos na água e relaxe. Ao retirá-los, enxugue-os bem e deixe-os envolvidos em uma toalha seca por alguns minutos.
Pé

 (Pixabay/Reprodução)

 

  •     Você pode, antes de retirá-los da água, fazer uma esfoliação com um creme apropriado na sola e no calcanhar. Mergulhe-os novamente na água para retirar o esfoliante.

 

  •     Use um hidratante depois, com ativos como aloe vera, calêndula, manteiga de karité, ureia, óleo de semente de uva, ceramidas ou silicone. Você também pode usar um gel refrescante.

 

Newsletter Conteúdo exclusivo para você