Capacete mais seguro do mundo suporta 790 ºC e chega ao mercado em 2019

Modelo já é consenso entre entidades internacionais e promete resistir a altas temperaturas e fortes impactos

FIA-F1-Ultra-Protective-Helmet-gear-patrol-lead-full

 (FIA/Reprodução)

Nunca antes a cabeça de um esportistas de velocidade ficou tão protegida.

Isso porque os italianos da Federação Internacional de Automóveis (FIA), a organização que vistoria e coordena quase tudo sobre automobilismo, lançaram um capacete ultraseguro.

De acordo com os criadores, os níveis de proteção do item atingiram patamares inimagináveis.

O novíssimo acessório-quase-indestrutível terá uso obrigatório na temporada de Fórmula 1 de 2019, bem como no Campeonato Mundial de Endurance e o Wolrd Rally Championship.

O projeto do capacete ocorreu em uma parceria entra a FIA e grandes marcas como Stilo, Bell Racing, Schuberth e Arai.

Apesar do padrão ter um nome técnico cheio de letras e números, FIA 8860-2018, o protótipo está sendo chamado de “sobrenatural”, tamanha sua resistência.

Após lançar o modelo, a entidade responsável disse, em nota:

“Cabe agora a esses fabricantes entregar as versões de produção dos novos capacetes para a temporada de F1 de 2019″.

E agora será uma corrida contra o tempo para atender às normas.

 

Os requisitos

moto

 (Pixabay/Reprodução)

Para que as empresas consigam respeitar as regras de segurança que chegam junto ao lançamento do novo equipamento, alguns pontos devem ser seguidos:

1. Flamabilidade: precisa suportar 790 graus Celcius. A chama deve se auto-extinguir quando ela for removida.

2. Deve sair da cabeça com facilidade uma vez que a chama é apagada.

3. Precisa proteger a cabeça do piloto de um peso de 10kg (caindo de 5 metros) ou de meio quilo viajando a 250km por hora.

Por essas razões, o componente será o top 1.

Dados da instituição garantem que a média de velocidade de pilotos na Indy 500 chegam a 320 km por hora, sem contar a quantidade de revezamentos.

Assim, a solução de segurança vem sendo bem aceita entre os representantes.

Na inauguração oficial do capacete, Stephane Cohen, presidente da Bell Racing Helmets, observou:

“Este será o padrão mais avançado do mundo, sem qualquer discussão possível”, disse.

É a tecnologia andando cada vez mais rápida.

Newsletter Conteúdo exclusivo para você