Bulgogi, o melhor da comida coreana

Prato consistem em finas fatias de carne fritas na hora por você mesmo

bugolgi

Você muito provavelmente não frequenta restaurantes coreanos, pois eles não são comuns no Brasil ou, ainda, porque você acha que vai acabar comendo carne de cachorro se entrar em algum deles. O primeiro motivo é mais difícil de resolver. Assim como várias outras culinárias, a coreana é mais presente em São Paulo, principalmente nos bairros do Bom Retiro e na Liberdade. Sendo assim, se você não for paulistano tudo fica mais complicado. Quanto ao segundo problema, não se preocupe: a carne é bovina mesmo – e é uma delícia!
Quase todos os restaurantes coreanos tem como especialidade um prato chamado Bulgogi (bife em chamas, na tradução). Trata-se de finas fatias de contrafilé que são fritas na mesa pelos próprios clientes, temperadas com cebolas, cogumelos, açúcar, molho de soja e alho. Para acompanhar, vários temperos, vegetais e guarnições, como o arroz oriental. As fatias finas garantem que tudo fiquem bem frito em poucos minutos. O óleo de gergelim é um dos temperos responsáveis pelo melhor gosto.
Conforme a comida vai sendo feita, fica a critério do cliente ver quais ingredientes estão faltando ou sobrando. Dessa maneira, é possível testar vários sabores com o mesmo prato. O único problema é que você vai precisar de um banho quando ir embora.
Posicionados à mesa, os acompanhamentos servem também como aperitivos enquanto a carne está na frigideira. E você pode escolher se prefere comer com o hashi ou com uma colher. O prato é tão popular que, na Coreia do Sul, diversas redes de fast-food têm sanduíches de Bulgogi.