Dose exata

Eu gosto mesmo é de saquerinha, mas resolvi pesquisar sobre uísque para entender melhor essa bebida que vocês, garotos, a-do-ram. Comprei um livro do maior especialista no assunto, o inglês Michael Jackson (esse não sabia dançar, mas também já morreu). Vou dividir com vocês o que fiquei sabendo sobre um tipo muito apreciado de uísque escocês: o single malt.

O que é Um single malt é o uísque de malte de uma única destilaria. Se misturado a uísques de malte de outras destilarias, torna-se um blended malt. Caso a mistura inclua também uísques de grãos como milho, trigo ou cevada não-maltada, vira um blended whisky. Esses blends são padronizados para ter sempre o mesmo sabor – já as características de um single malt podem variar muito, dependendo do lote.

Mais velho é melhor? É certamente mais caro, por causa da evaporação de 2% ao ano e dos custos de armazenamento. Mas é bom saber: um uísque mais velho não é necessariamente melhor que outro com alguns anos a menos.

O que faz um single malt diferente de outro? Além do tempo de envelhecimento, vários outros fatores. Desde a água usada para diluir a bebida (que sai do alambique com 60% a 70% de álcool) até a brisa marítima que sopra perto de alguns armazéns de maturação de barris. Mas o que mais influi nisso é o método de trabalho de cada destilaria: o grau de defumação do malte e a escolha do tipo de barril podem mudar radicalmente o perfil de sabor e aroma de um uísque.

Existem diferenças regionais? Sim. As Lowlands (terras baixas do sul da Escócia) são conhecidas por fazer uma bebida de sabor delicado. Campbeltown, na costa sudoeste, faz um produto mais intenso e encorpado. Em Islay e em outras ilhas, a fumaça de turfa (matéria orgânica usada para secar o malte) predomina. Nas Highlands e em Speyside, ambas ao norte, há uma variedade enorme de estilos.

Água, gelo ou nada? O ideal, dizia Michael Jackson, é ter água ao lado e alternar goles, para abrandar o entorpecimento que o álcool causa na boca. Para ele, adicionar água causa a “fuga” de aromas e alteração de textura; o gelo também adormece a língua. Isso, claro, se você quiser degustar. Para beber socialmente, um pouco de água reduz a pegada do álcool, e o gelo deixa tudo mais agradável nas noites quentes.

ALGUMAS BOAS COMPRAS

The Dalmore 12 anos
Este malte das Highlands tem cor escura, aromas adocicados de frutas silvestres e sabor que remete a frutas secas, manjericão e mentol. R$ 179,99, em imigrantesbebidas.com.br

The Macallan 18 anos
Para Jackson, uma “referência para os amantes de single malt”. Feito em Speyside, é encorpado, com aroma de especiarias e sabor resinoso. R$ 560, em superadegaexpress.com.br

Glenkinchie 10 anos
Malte da única destilaria em atividade nas Lowlands escocesas, é leve e tem aroma ligeiramente floral. Na boca, é condimentado. R$ 299, em reidoswhiskys.com.br

Talisker 10 anos
Produzido na ilha de Skye, tem notas defumadas e marinhas.  O sabor lembra pera madura, com alguma coisa de menta. R$ 330, em netdrinks.com.br