O chef dos risotos

Luís Fernando Perin apresenta versões bem brasileiras do prato italiano

risoto-de-paio

O risoto é uma das melhores contribuições da culinária italiana para o mundo. Mesmo assim, há quem se canse dos sabores tradicionais do prato de vez em quando. Então, a dica é inovar. Para isso, o chef Luís Fernando Perin, professor do curso de Gastronomia da Universidade Anhembi Morumbi, mostra três alternativas para inovar na cozinha.

Com 12 anos de carreira, Perin é conhecido por explorar a mistura entre ingredientes brasileiros e internacionais. Para deixar o risoto com uma cara tupiniquim, ele gosta de acrescentar elementos como paio, temperos e carnes da feijoada.

Sua experiência também decorre das muitas viagens pelo mondo para conhecer novos gostos. Ele já passou por 150 cidades em 31 países, além de ter trabalhado com renomados chefs pelo mundo, como o francês Daniel Boulond.

Entre as principais receitas de Perin, está o risoto de paio, que também leva queijo parmesão, legumes e é temperado com vinho branco seco, assim como o risoto de vegetais grelhado  e mascarpone. Esse prato também leva na sua composição  milho verde congelado e é feito à base de abobrinha e berinjela grelhada, cortadas em pequenos cubos.

O chef também é especialista em fazer o risoto mulato, que é feito com o caldo e com as carnes desfiadas da feijoada. O prato ainda leva tomates cortados em cubos, cebola, suco de limão tahiti e vinagre de vinho branco.