Tour do cachorro-quente: 10 coberturas inusitadas servidas pelo mundo

Azeitona, chilli, pimenta, gergelim, ovo mexido e até manteiga de amendoim. Inove nas receitas de hot dog com essa viagem por sabores adorados pelo globo

hot dog

 (Pixabay/Reprodução)

Se você é brasileiro, americano, pós-baladeiro, fã de comidas de rua ou simplesmente ser humano, são grandes as chances de ser também um amante de um dos lanches mais famosos do mundo.

A origem do que chamamos popularmente de “dogão” não é precisa, até porque colocar um pão e uma salsicha juntos já pode ser um exemplo da receita.

No entanto, a explicação mais aceita é uma que nos joga lá no século 19, na Alemanha.

 

A rota da mordida

Perto de 1850, os germânicos se lançaram à empreitada de fazer novos tipos de salsicha, levando um cozinheiro de Frankfurt à ideia de batizar seu embutido em homenagem a seu cachorro.

O pequeno cãozinho era da raça Dachshund, levando a clientela à associação entre as dois termos como uma coisa só.

Conta-se que a ideia simples e genial atravessou os mares por meio de Charles Feltman, um imigrante que pisou em solo norte-americano no final do século.

Em pouco tempo, o “lanche de Dachshund” virou “lanche quente de Dachshund”, até virar “hot dog”, já que o nome canino em alemão não é o mais fácil de se pronunciar.

Já que a comida é globalizada por natureza, que tal irmos além do pão com salsicha e descobrirmos algumas coberturas curiosas pelo mundo?

 

1. Como um café da manhã

dog

 (Cool Material/Reprodução)

Além dos ingredientes típicos, como o bacon, que tal colocar um pouco de ovos mexidos por cima?

A receita é meio “adolescente”, mas bem popular nos Estados Unidos.

 

2. De volta às origens

Hot Dog

 (Cool Material/Reprodução)

Primeiro, um salsichão alemão.

Além dele, mostarda escura, carne de panela e repolho ao estilo sauerkraut.

Serh gut!

 

3. Como se come em Chicago

dog chicago

 (Cool Material/Reprodução)

Um pouco diferente do conhecido, com fatias de tomate, relish de pepino, sal de aipo, pimenta e mostarda.

Água na boca, não?

 

4. À la Philly

dog phlly

 (Cool Material/Reprodução)

O número #1 dos estádios da Filadélfia é bem comum, mas leva um “pepper hash”, uma espécie de saladinha de pimenta com condimentos.

Old but gold.

 

5. Para amantes de queijo

dog parmesan

 (Cool Material/Reprodução)

O dog com topping de parmesão não é de um lugar só, já que tem fãs pelo mundo todo.

Basta fazer o lanche tradicional com uma “cama” de queijo derretido (que vai endurecer depois) e colocar um molho por cima.

Pode ser chilli, marinara ou até mesmo uma pomorola bem temperada.

 

6. Falando grego

grego dog

 (Cool Material/Reprodução)

A culinária da Grécia é bem característica. E foi adaptada para a iguaria urbana que tanto amamos.

Azeitona preta, cebola, pepino em cubo, queijo feta e o Tzatziki, um molho feito à base de iogurte.

Fome é linguagem universal.

 

7. É sério?

dog amendoim

 (Cool Material/Reprodução)

Já antecipamos que não é ideia brasileira, ainda que nosso país seja perito em reinventar receitas.

Essa receita com carinha de larica é criada nos Estados Unidos, que amam tanto manteiga de amendoim que acham que combina até com salsicha.

Vai entender…

 

8. Estilo oriental

dog asia

Esse lanche leva fatias finíssimas de pepino, gergelim e uma maionese especial de Sriracha, pimenta tradicional em toda a Asia.

Como o ocidente adora o que vem de lá, é fácil encontrar esse molho picante em lojas de importados.

 

9. Como nos ensinou Hollywood

mac n cheese dog

 (Cool Material/Reprodução)

Em vários desenhos e filmes vemos o Mac ‘n Cheese, a massa com queijo tão famosa nos EUA.

A idolatria pela receita é tamanha que foi parar no hot dog.

 

10. ¡Perro caliente! 

chilli dog

 (Cool Material/Reprodução)

Ao estilo mexicano (ou tex-mex), que tal fazer um dog com jalapeños, cheddar gratinado, nachos polvilhados e, claro, um molho chilli bem marcante?

Se quederá genial.

 

Newsletter Conteúdo exclusivo para você