Três motivos para comer chester neste Natal

Spoiler: um deles é porque, a cada produto comprado, outro vai ser doado para uma família que nunca teve uma ceia de verdade

Cerca de dois milhões de pessoas que nunca tiveram uma ceia de verdade no Natal vão ter a oportunidade neste ano. E isso depende também de você: a cada chester vendido até 24 de dezembro, um outro será doado a uma família que precisa. A campanha, que se chama “No Coração Sempre Cabe Mais Um”, foi criada pela Perdigão e pretende doar 250 mil frangos em todo país (cada um serve em média oito pessoas) com ajuda do programa Mesa Brasil do Sesc, que vai identificar e indicar as famílias carentes.

Chester é, na verdade, uma marca registrada da Perdigão. O nome vem de chest – peito, em inglês. Ele foi criado em 1982, quando a empresa resolveu fazer frente ao peru da concorrente Sadia, sucesso de vendas no Natal. É um frango grande, resultado de anos de seleção artificial a partir de 11 linhagens de uma galinha escocesa. Alimentado à base de milho e soja, a ave é selecionada para ter cada vez mais peso com menos gordura. A marca garante que não há qualquer tipo de hormônio usado no processo (a Anvisa, aliás, proíbe isso no país).

Além da boa ação da marca, você nem precisaria de mais um motivo para comer a iguaria neste Natal, certo? Mesmo assim, damos mais dois: duas receitas deliciosas, preparadas pelas nutricionistas da marca.

• Chester recheado com farofa festiva
Rendimento: 12 porções
Tempo de preparo: 3 horas

Ingredientes
Para o chester:
1 xícara (chá) de manteiga
½ xícara (chá) de salsinha picada finamente
Suco de 1 limão
Pimenta-do-reino preta moída a gosto
1 chester descongelado

Para a farofa:
1 xícara (chá) de bacon defumado cortado em cubos pequenos
2 colheres (sopa) de manteiga
2 colheres (sopa) de azeite
1 cebola descascada e cortada em cubos pequenos
4 xícaras (chá) de farinha de mandioca
1 xícara (chá) de uva-passa
1 xícara (chá) de sálvia picada
2 colheres (café) de sal

Para as cenouras:
4 cenouras descascadas e cortadas em palitos grossos ou cenouras baby
1 colher (café) de sal
1 colher (sopa) de açúcar mascavo

Modo de preparo
Chester:
1. Preaqueça o forno a 250°C por 20 minutos
2. Retire o saquinho com os miúdos de dentro do chester e reserve
3. Em um recipiente, misture a manteiga, a salsinha, o suco de limão e a pimenta
4. Com as mãos ou com a ajuda de uma espátula (delicadamente, para não romper a pele), separe a pele sobre o peito do chester, da carne e espalhe 2 colheres de sopa da manteiga temperada por debaixo de pele, reserve o restante da mistura.

Farofa:
1. Cozinhe os miúdos reservados em água até que fiquem macios (aproximadamente 20 minutos) e pique-os em pedaços pequenos
2. Em uma panela, doure o bacon, acrescente a manteiga, o azeite, a cebola e os miúdos e refogue; junte a farinha, as uvas-passas, a sálvia e o sal e misture até que a farinha comece a dourar. Reserve.

Montagem das cenouras:
1. Recheie o chester com a farofa, enchendo toda a cavidade do peito, e leve para assar em forno a 250°C por aproximadamente 20 minutos (sem papel alumínio)
2. Retire a assadeira do forno e cubra-a com papel alumínio
3. Regule o forno para 200°C e volte a assadeira ao forno. Asse por 1 hora ou mais, conforme o tempo indicado para o peso na tabela da embalagem
4. Retire o papel, distribua as cenouras ao redor do chester e salpique com sal e açúcar mascavo; volte ao forno até que o termômetro pule, o que leva em média, 1 hora e 30 minutos de acordo com o peso do chester e as diferenças entre os fornos
5. Depois de retirar o papel alumínio, pincele a ave com a manteiga restante e regue-o a cada 30 minutos com os líquidos da assadeira
6. Deixe a ave descansar por pelo menos 20 minutos antes de fatiar. Sirva quente.

chester-vip

 (/)

• Chester assado clássico
Rendimento: 12 porções
Tempo de preparo: 3 horas

Passo 1: prepare sua própria marinada
A marinada deve ter (escolha pelo menos 1 ingrediente de cada grupo; se desejar, adicione mais de 1 por grupo):
1. Elemento ácido (vinho branco, vinho tinto, vinagre balsâmico ou suco de frutas cítricas como laranja, limão, maracujá ou abacaxi)
2. Ervas, temperos e especiarias (frescos ou secos): pimentas, páprica, açafrão da terra, alecrim, orégano, manjericão, tomilho, louro, cravos
3. Elementos aromáticos: cebola, alho, cenoura, salsão, alho-poró, gengibre
4. Sal

É importante “esfregar” o tempero preparado por toda a ave, dentro e fora da cavidade. Deixe a carne temperando dentro da geladeira pelo tempo que tiver disponível. O mais indicado é deixar de um dia para o outro.

Passo 2: prepare a carne para o forno
Uma ótima dica para obter o resultado esperado é adicionar manteiga e margarina por dentro e por fora da pele:
1. Com as mãos ou com a ajuda de uma espátula, desgrude a pele da carne do peito delicadamente, de forma a não rompê-la
2. Coloque 1 a 2 colheres de sopa de manteiga ou margarina dentro da pele (entre pele e carne)
3. Espalhe mais 1 a 2 colheres de sopa de manteiga ou margarina pelo exterior da ave, peito, sobrecoxas e coxas.

Passo 3: selagem no forno
Experimente fazer uma primeira etapa da cocção levando a carne temperada ao forno em temperatura mais alta (250°C) por aproximadamente 20 minutos. O tempo é interessante para que a carne “sele” – ou seja, ela vai criar uma “crosta” na superfície e evitar que os líquidos se percam durante o tempo de forno.

Passo 4: como assar
A embalagem do chester traz uma tabela com tempo de cocção pelo peso da ave, ferramenta bastante útil para que a carne asse pelo tempo ideal. Na hora final do tempo de forno, vale também adicionar ingredientes extras que podem funcionar como acompanhamentos. Por exemplo: rodelas de cenouras, batatas-bolinha, pétalas de tomate ou cebola.

Passo 5: adicione seu molho
Após a cocção (tempo de forno), aproveite os líquidos da assadeira para preparar um molho.
1. Após retirar a ave do forno, reserve a carne em outro recipiente, adicione um pouco de água à assadeira (aproximadamente 1 xícara de chá) e leve ao fogo até que o líquido engrosse e se forme um molho
2. Caso queira um molho ainda mais espesso, adicione 1 colher (sobremesa) de amido de milho
3. Sirva o molho preparado com seu chester.