Uísque enviado ao espaço volta à Terra – e sabor surpreende

Garrafa enviada para o espaço em 2011 é finalmente analisada. O resultado surpreendeu os especialistas

whisky_ardeg

 (Awa.dk/Reprodução)

O mandamento é básico: se beber, não dirija. Se a atividade já é arriscada em qualquer passeio de carro, o resultado da mistura entre álcool e uma missão espacial poderia ser catastrófica.

Por isso, é muito raro que alguma garrafa de bebida alcoólica deixe os limites planetários da Terra (embora cosmonautas russos — quem mais? — já tenham bebido conhaque no espaço).

A NASA proíbe que seus astronautas embarquem com bebidas alcoólicas nas missões espaciais — está aqui, na regulamentação da agência. No entanto, ninguém disse nada sobre propósitos acadêmicos…

Por isso, em 2011, um tonel de Ardbeg foi enviada para o espaço

O objeto de estudo voltou ao seu planeta natal em 2014. Depois de testes, os especialistas finalmente emitiram suas conclusões. E os resultados foram surpreendentes.


Amostra da Terra

Aroma: muito arborizado, com notas de madeira de cedro, fumaça doce e vinagre balsâmico envelhecido. Tons de passas, melaço, baunilha e laranja queimada. Lembra muito um estilo Ardbeg envelhecido.

Sabor: seco, com sabor arborizado/balsâmico, de fumo doce e óleo de cravo. Pouco frutado (ameixas), com um pouco de carvão e com notas anti-sépticas. O final é longo e persistente e tipicamente Ardbeg, com sabores de fumaça suave, madeira, alcatrão e alguns doces.

um tonel de Ardbeg foi enviada para o espaço

 (Reprodução/Divulgação)

Amostra espacial

Aroma: intenso e arredondado, com notas de fumo anti-séptico, borracha, peixe defumado e uma curiosa nota perfumada — como cassis ou violeta. Notas amadeiradas poderosas, toques de grafite e alguns de baunilha. Isto, então leva a notas de terracota/solo, um saboroso aroma robusto e, em seguida, sugestões de sorvete sabor rum e passas.

Sabor: um perfil de sabor muito concentrado, com frutas defumadas (ameixas, passas e cerejas), turfa defumada, pimenta, anis, canela e bacon defumado ou presunto defumado. O sabor é picante, intenso e longo, com notas de madeira, pastilhas anti-sépticas e fumaça de borracha.


Embora quimicamente a mudança seja quase imperceptível, os pesquisadores perceberam uma diferença notável no sabor e aroma do uísque.

Basicamente, a única diferença entre as amostras espaciais e terrenas foi a gravidade. De acordo com os estudos, a falta de gravidade no espaço impediu que o uísque absorvesse certas características do barril.

O estudo completo está publicado aqui (em inglês).