10 coisas para evitar no Réveillon

Virada do ano é noite de diversão. Para que você não entre no próximo ano se lamentando, aí vão uns toques sobre micos desnecessários

1) Não use sunga branca

Um dos mandamentos do Ano-Novo brasileiro é usar peças de roupa branca novas, que supostamente trazem boas vibrações para os próximos 365 dias.

Nada contra embarcar nesse figurino. Mas sunga branca é meio queima-filme.

2) Não faça peru

friends peru

 (Reprodução/Divulgação)

Digamos que você está todo empolgado com seus recém-descobertos dotes de chef amador e insiste em preparar a ceia da virada.

Pois bem, mestre-cuca: peru não pode entrar no seu cardápio. Nem qualquer outra ave.

É das superstições de Ano-Novo mais duradouras: os bichinhos alados ciscam andando para trás, portanto, se alimentar deles implica que sua vida vai engatar marcha a ré no ano que entra.

Tudo bem, você pode não acreditar nisso, mas seus convidados devem saber dessa história e vão deixar o peru intacto.

3) Não fique vendo o Show da Virada

 

Tanta coisa para se fazer numa noite de 31 de dezembro e você vai ficar plantado diante da TV assistindo ao programa especial da Rede Globo enquanto todo mundo mergulha em diversão real?

Tem mais: o Show da Virada nem ao menos é ao vivo. A gravação estava marcada para fim de novembro.

E os artistas participantes estão livres para curtir seus próprios Réveillons como bem entenderem.

4) Não passe cantada na cunhada ou amiga

O roteiro é previsível: você começa bebendo umas cervejinhas bem antes da meia- noite, já está calibrado quando os champanhes são estourados, continua a experiência etílica madrugada adentro e entra num estado de demonstrar seu amor pela humanidade.

Ou seu amor pela beleza feminina. E a proximidade física da cunhada ou de uma amiga só aumenta o potencial de um desastre. Enfim, beba com moderação.

5) Não beba resto de copo

shocked-spit-out-drink-o_zpsa73850be

Você não percebeu que acabamos de dizer para beber com moderação na dica anterior? Isso também se aplica quando a festa já estiver na reta final (ou na manhã da ressaca).

Não saia pela festa pegando copos largados pela metade e virando o conteúdo. Porque é constrangedor. E porque o líquido, provavelmente, estará quente e choco. E ruim para diabo.

6) Não vá para a Austrália

Você é um afobado que não vê a hora da meia-noite chegar. Nos últimos anos, ficou morrendo de inveja ao ver as comemorações na Austrália começarem 12 horas antes e fez planos de ir para lá para começar a esbórnia mais cedo.

Só que se começa mais cedo, também acaba bem mais cedo. E a viagem para lá é bastante longa. Ou seja, não compensa o esforço.

7) Não toque New Year’s Day

Botar a todo volume a música do U2 sobre o Ano-Novo é lugar comum demais! Melhor sair berrando: “Adeus, ano velho…”. Pode até ser mais antiga que a canção do Bono, mas é uma tradição nossa.

8) Não jogue móveis pela janela

Aí você vai dizer: “Mas quem faz uma coisa dessas?”. É, você não conhece o pessoal de Hillbrow, em Johannesburgo, África do Sul.

A tradição do bairro é atirar peças de mobília e até geladeiras (!) pelas janelas à meia-noite, criando perigo de morte para quem está nas calçadas.

Em 2013, a polícia montou um esquema para evitar o lança-móveis. Mas os agentes da lei foram brindados com chuvas de garrafas e outros objetos menores.

9) Não traia a confiança de seu irmão

53a0c553acbf3_-_godfather

Em O Poderoso Chefão 2 (1974), o capo Corleone descobre no Ano-Novo que o irmão participou de trama para matá-lo. Michael decide acabar com a vida do traidor assim que a mãe deles for pro céu.

Moral: mesmo que seu irmão não seja mafioso, melhor não pisar na bola com ele.

10) Não tire selfie com rojão aceso

Este item dispensa explicações.