3 motivos para você ter duas carreiras ao mesmo tempo

Além de dar uma passa fora na rotina e ganhar uma grana extra, conheça as razões para exercer mais de uma profissão e desenvolver suas múltiplas habilidades

Dois celulares

 (Videoblock/Reprodução)

É possível encontrar um engenheiro que, por hobby de infância, tenha muita vontade de dar aulas de história.

Ou imagine um banqueiro, de terno, gravata e agenda cheia, que sonha em pintar quadros e fazer esculturas.

Pense em um dentista que vai além dos tratamentos de canal e adoraria ser um guia turístico.

De fato, todos escutamos uma voz lá dentro que nos faz pensar: “Como seríamos em outra profissão?”.

A resposta é incerta. Mas desde quando a solução é fazer a troca?

Para um ganho pessoal e profissional, muitas vezes, o ideal é desempenhar dois papéis.

Veja como ser um multi-tarefa tirando o melhor proveito disso.

 

1. Financiamento próprio de habilidades pessoais

Moeda

 (Pixabay/Reprodução)

Quantas vezes sua habilidade de nascença ficou de lado por não resultar em dinheiro?

Um dos benefícios de colocar os pés em mais de uma canoa, segundo Kabir Sehgal, executivo e autor de diversos livros, é dar subsídio ao que você faz bem.

Além de homem de Wall Street, Sehgal também é compositor e produtor musical e, de acordo com sua experiência, uma coisa apoia a outra.

“O salário do meu trabalho corporativo banca minha carreira como produtor. Como não tenho um histórico como produtor, é difícil ser pago na área, mas não foi dinheiro que me motivou a seguir nesse ramo. Foi minha paixão por jazz e música clássica”, conta.

Como no caso do multifacetado norte-americano, você pode (e muito bem) fazer valer a expressão “uma mão lava a outra”, nesse caso.

Enquanto coloca dinheiro no bolso, põe em prática sua paixão.

 

2. Networking em vários ambientes

Networking

 (Pixabay/Reprodução)

Uma vez dentro da vida profissional, dificilmente você “se livra” de estar constantemente diante de novas oportunidades de negócio.

Toda conversa pode abrir uma porta. Com mais contato, maiores as chances de ter um bate-papo que pode mudar os rumos de sua carreira.

Mas para quem trabalha em só um nicho, as probabilidades de diversificar as opiniões são menores.

E é sempre bom arejar e ouvir quem está de fora.

Sehgal comenta de suas experiências em dois habitat: “Quando eu trabalhava em Wall Street, meu círculo profissional era limitada a outros colegas do mercado financeiro. De forma geral, todos nós estabelecíamos uma visão consensual de mercado”, conta.

O executivo detalha que muitos de seus clientes gostariam de um ponto de vista diferente.

“Em outras palavras, eles não queriam a opinião de grupo”.

Trabalhar em mais de um lugar ou com tarefas diferentes pode garantir esse pulo fora da caixa.

 

3. Descubra relações entre os trabalhos

design

 (Pixabay/Reprodução)

Mais importante do que descobrir onde suas funções interagem é verificar onde eles devem interagir.

Se você leva uma vida de músico e administrador, pode aliar a organização do trabalho de escritório com sua agenda de shows.

Por outro lado, os insights da música podem contribuir para novas ideias dentro do pensamento prático.

É tudo uma questão de absorver o máximo de cada lado da moeda. E garantir um ganho mútuo.

O executivo encerra dizendo que seguir suas próprias curiosidades pode render dois ótimos frutos: paixão e sensação de uma vida mais completa. 

“Ao desenvolver mais de uma ocupação, você termina fazendo todas de uma forma melhor”.

Newsletter Conteúdo exclusivo para você
E-mail inválido warning
doneCadastro realizado com sucesso!