5 principais “mentirinhas” que as mulheres contam aos homens

A frase "nem tudo é o que parece" também serve para elas. No jogo de sedução, as mulheres também deixam de colocar algumas cartas na mesa...

Sexo mulher homem cama transa

 (Pinterest/Reprodução)

É muito difícil ver alguém que faça propaganda ruim sobre si mesmo, não é?

No momento de flerte, do começo dos relacionamento, isso é uma verdadeira sentença.

Quando estamos nos conhecendo, é ideal e quase instintivo querer causar uma boa impressão logo de cara.

Mesmo que isso custe contar algumas mentirinhas brancas. Reunimos algumas delas.

 

1. Ménage? Veja bem, veja bem…

menage

 (YouTube/Reprodução)

Se você for desses com um longo currículo na vida amorosa, isso pode ser intimidador.

Por isso, durante aqueles primeiros (e perigosos) papos sobre o passado, ela pode querer mostrar que também não é uma puritana.

No entanto, a “experiência diferente”, que eventualmente possa vir à tona, talvez não seja tudo isso.

O que ela chama de sexo a três, na realidade, foi uma tentativa frustrada com um ex-namorado.

Como não há como descobrir de fato, isso tem chance de soar como um Know How sexual para te impressionar.

O lado bom: essa brincadeira, se tudo correr bem, pode acontecer com você presente no futuro.

 

2. Boa “amizade” com o ex

amizade colorida

 (YouTube/Reprodução)

“Terminamos numa boa, viramos bons amigos”, diz ela.

Se vocês estiverem indo rumo a um relacionamento sério, é bom ter cuidado.

Duas das manias mais comuns ao se falar de antigos casos são: chamar o ex de “louco” ou falar que não é uma ameaça.

Mas é justamente nessa afirmação que se esconde uma amizade colorida ou um sentimento mal resolvido.

Mesmo que o ciúme urre dentro de você, tente manter a calma e, aos poucos, extrair essa informação sem parecer um neurótico.

Mas que tem coisa aí, tem…

 

3. Com quantos você já saiu?

mulher esperta

 (YouTube/Reprodução)

A pergunta que não quer calar — e que estraga muitos relacionamentos lá na frente.

Se porventura você cometer o erro (sim, erro!) de fazer esse questionamento maléfico, talvez ouça o que não quer.

Pior do que isso: há grandes chances dos números oficiais serem bem maiores do que os que ela contou.

Mesmo que mulheres usem o empoderamento sexual como estratégia de curiosidade, paridade e até certa imposição diante do homem, ainda há um tabu nesse quesito.

Você, claro, deve controlar seus impulsos sexistas de sair julgando.

Mas pode ter certeza que nem toda a verdade vira à tona.

 

4. O erro do “eu não sou ciumenta”

mulher brava

 (Pxhere/Reprodução)

Você provavelmente já caiu nessa.

Se não, há de cair em breve, principalmente depois dessa afirmação aparecer.

Quando ela disser que “não é tão ciumenta”, observe que nessa frase está embutido um “sim, eu SOU, mas não tanto”. Sinal amarelo.

Caso ela assuma o ciúme sem temor, redobre a atenção.

Mesmo não sendo um canalha, é praticamente inevitável mencionar volta e meia de uma amiga do trabalho, por exemplo, ou até elogiar uma mulher na TV.

Se ela bufar, mesmo tentando esconder, já saiba que aquele “não sou ciumenta” era uma barbada.

 

5. Talvez você não tenha sido unanimidade…

mulher infiel

 (Toronto Sun/Reprodução)

A verdade é que nem sempre ela encontrou em você o clichê “amor à primeira vista”.

Fato é que em primeiros encontros ou no começo de um possível relacionamento, as pessoas tentam ser o mais agradável possível.

Principalmente nesta geração imediatista onde está cada vez mais difícil estabelecer vínculos.

Então nada de contar vantagem, bonitão.

Mesmo que tudo flua bem e que os papos sejam sinceros, talvez tenha sido mais uma obra do acaso do que, necessariamente, do interesse.

Mas não é isso o que ela vai dizer.

Newsletter Conteúdo exclusivo para você