9 dicas para sobreviver a um bloco de Carnaval

Siga quem entende: sem essas dicas preciosas o seu bloco pode se tornar uma grande roubada

Os dias de folia chegaram. Todo mundo está animado, purpurinado e com sua fantasia pronta. Já você só consegue pensar no perrengue que vai passar nos bloquinhos de Carnaval.

Afinal, você quer curtir com os amigos, mas odeia muvuca, calor e marchinhas. Mas calma, amigo, nem tudo está perdido.

Nós da VIP, que já encaramos nem um, nem dois e nem 9, mas muitos bloquinhos durante a vida, selecionamos 10 dicas para você encarar esse desafio e se dar muito bem!

Prepare seu material essencial para enfrentar a folia (e enfie em uma pochete!)

 (/)

RG (a cópia autenticada e não o original), o dedo (esqueça os cartões – use a biometria e leve dinheiro), um celular velho (para não ficar reclamando que foi roubado no Facebook) e muita disposição!

Chame os amigos

Nada de “te encontro lá”. A não ser que você queira curtir o bloco sozinho, combine de encontrar os amigos antes de encarar a multidão.

O motivo é simples: em qualquer  bloco do país o sinal de celular é inexistente e você não encontra absolutamente ninguém por lá.

Esqueça o chinelo

Pisões, água suspeita e cerveja quente nos pés só te deixarão sem humor algum. Escolha um tênis velho e boa sorte!

Abra o leque do transporte

 (/)

Resolveu pegar Uber? Mas e se o app pifar? 99 Taxi? Mas e se a bateria acabar? Então, na dúvida, compre bilhetes de metrô, separe o dinheiro do ônibus e nunca, mas nunca mesmo, opte por ir de carro.

Não esqueça de beber água

 (/)

Parece conselho de mãe, mas enfrentar o bloco, o Sol de 487291847 graus e contar apenas com o poder da cerveja e da Catuaba não dá.

Por isso, lembre-se de se hidratar e alternar momentos de bebedeira com momentos de hidratação. Seu corpo, sua mente e o dia seguinte agradecem.

Escolha blocos mais tranquilos

 (/)

Se você não é fã de muvuca nem tente ir no bloco mais badalado do dia. Escolha opções alternativas ou se prepare para encarar momentos de pavor e arrependimento.

Não se anime tanto com a onda das fantasias elaboradas

Ok, atualmente algumas fantasias são realmente geniais e chamam atenção.

Mas você não precisa ir fantasiado de chuveiro, de coxinha, de montanha russa, ou de qualquer coisa que vai te fazer passar calor, para se destacar no meio da multidão. Um bom papo pode fazer essa função.

COMA!

 (/)

Outro conselho sábio de mãe: saco vazio não para em pé. Coma antes de ir para o bloco e, se for encarar horas e mais horas de folia, coma durante também. Mas cuidado com o bolovo suspeito do bar da esquina. Na dúvida, opte por snacks mais saudáveis.

Não se enfie…

O melhor conselho que podemos te dar: ao chegar no bloco é desnecessário se enfiar nos aglomerados de gente.

Fique na sua, curta as periferias do bloco e apenas observe. É divertidíssimo ver a confusão a alguns metros de distância.

E mais: o pessoa interessante também estará por perto, junto com você. Nós garantimos!