Camarote N1 traz melhorias mantendo a tradição

Agora sem patrocínio principal de cervejaria, o camarote aposta em novos espaços e novos serviços (leia-se, mais bebidas)

Inicialmente Camarote Brahma, depois Camarote BOA e agora Camarote N1. Não importa, o setor 3 da Sapucaí já está marcado no calendário do Carnaval carioca como um dos locais mais exclusivos da festa. Sempre sob o comando de Victor Oliva, o empresário agora conta com dois novos parceiros: Álvaro Garneiro, apresentador e sócio do Café de la musique, e Carol Sampaio, empresária e promoter.

Com um grande know-how de festas e principalmente de carnaval, a equipe procurou manter a estrutura clássica do Camarote BOA, trazendo adições que antes não eram possíveis por questões contratuais. O N1 agora terá diversas opções de bebidas, e não só uma única marca de cerveja como acontecia em outros anos por conta do patrocinador do local. “Vamos servir todo o tipo de bebida: uísque, gin, vodka, champanhe, tudo”, afirma Victor Oliva.

O camarote ganha um pouco mais de liberdade, deixando de ser exclusivo, então vamos ter outros patrocinadores. A Brahma continua patrocinadora, mas não é mais exclusiva. Assim podemos ter outros patrocínios que antes não eram permitidos, como marca de carros, que não podia ser associada a esse tipo de marca

Victor Oliva

 

Talvez a grande mudança nessa nova fase do camarote é a venda de ingressos para o público. Antes exclusivo para convidados selecionados a dedo, o N1 agora vai contar com lotes abertos ao público. Serão dois tipos de ingressos: o primeiro da acesso a todas as áreas comuns do local, assim como o serviço oferecido aos convidados como van até a Sapucaí. Já o segundo é mais especial, dando ao comprador direito a frequentar os quatro novos camarotes menores do N1, além de ter direito a parar o carro dentro do sambódromo. Foram vendidos ingressos individuais , todos esgotados. Ao todo serão cerca de 600 convites por dia, cerca de um terço da lotação do local. Sobre a mudança, Victor Oliva mandou um recado para aqueles que preferem a exclusividade do antigo método de convidados do Camarote: “o carnaval é uma festa democrática, as pessoas que estão la precisam saber conviver. Não é na Sapucaí que as pessoas vão dar pití”. 

Como todo camarote, o N1 também conta com atrações de peso mas que, segundo Oliva, estão lá apenas para complementar o que está acontecendo na avenida.  “o grande objetivo é o carnaval, é mostrar as escolas de samba. O que nós fazemos é apenas tratar bem as pessoas”. E para tratar bem, o N1 trouxe Anitta como atração principal, que toca no dia 4 no intervalo dos desfiles das campeãs. Outra que vai bater ponto no camarote é Preta Gil, que no dia 27 se apresenta com o Bloco da Preta e nos dias 26 e 4 de março fará participações especiais.

Para quem não gosta de samba, o camarote também tem programação especial.  Os jovens Antônio Oliva e Fernando Arruda, que compõe o On’A Beat, projeto de música eletrônica, tocarão nos dias 26 e 27 de fevereiro e 4 de março por lá. Para a ocasião, a dupla preparou um set que mesclará músicas brasileiras e batidas eletrônicas, com sucessos de Seu Jorge e Alok.

Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

Crédito: Divulgação (/)

Como não poderia faltar, o N1 vai contar com uma musa mais do que especial: Sabrina Sato que já é Rainha de Bateria da Vila Isabel, Musa do tradicional Baile de Gala do Copacabana Palace, vai ser figura garantida nos três dias de camarote.  “Sabrina Sato hoje é quem representa a alegria, simpatia, cortesia. Ela samba como poucos” diz Victor Oliva ao justificar a escolha de Sabrina.

Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

Crédito: Divulgação (/)

CAMAROTE N1 – SAPUCAÍ 2017

Data: 26, 27 de Fevereiro e 4 de Março

Horários: a partir das 19hrs

Saiba mais em: Ticket360