Como a linguagem corporal pode denunciar uma traição

Especialista afirma que atração e sexo podem criar mudanças sutis no corpo e no comportamento

traicao

(Reprodução/Fonte padrão)

Ter uma relação extraconjugal, quando não combinada com a parceira, é feita às escondidas.

Mas saiba que seu corpo pode dar sinais de que você não está sendo fiel. É a tal linguagem corporal a maior delatora.

De acordo com Patti Wood, pesquisadora americana e especialista em linguagem corporal, em declaração ao jornal britânico Independent, “a atração e o sexo podem aumentar o nível de testosterona e criar mudanças sutis no corpo”.

Ela aponta que postura que impõe grandeza são sinais de traição, como estufar o peito e colocar ombros para trás – trejeitos característicos de alphas.

Em outra situação, note a distância entre seus pés enquanto está em pé: relaxado, essa distância equivale a dos ombros; quem quer mostrar confiança abre mais a perna e cria uma base melhor. “Isso também toma mais território e mostra dominância”, diz Patti.

Por fim, outra postura que não demonstra culpa no cartório é deixar os órgãos sexuais vulneráveis. Exemplo: sentar com os joelhos afastados.