Craques do baralho

Um achado no tumblr de imagens de futebol Footysphere: algumas cartas de um baralho com caricaturas de jogadores de destaque dos anos 1950. Como o lendário ponta-direita inglês Stanley Matthews (carta acima), que jogou profissionalmente até os 50 anos de idade, que completou em 1965. Apesar de não haver maiores informações sobre o baralho, dá […]

Um achado no tumblr de imagens de futebol Footysphere: algumas cartas de um baralho com caricaturas de jogadores de destaque dos anos 1950. Como o lendário ponta-direita inglês Stanley Matthews (carta acima), que jogou profissionalmente até os 50 anos de idade, que completou em 1965.

Apesar de não haver maiores informações sobre o baralho, dá para estimar que ele foi feito por volta de 1958 ou um pouquinho depois. É que a carta de Ferenc Puskas (ao lado) já o traz como jogador do futebol espanhol.

Capitão da Hungria na Copa de 1954, Puskas se exilou na Espanha depois do arrocho que o sistema comunista da União Soviética aplicou em seu país em 1956. Ele teve de cumprir uma suspensão e finalmente estreou no Real Madrid em 1958. Ele viria a se naturalizar e jogar a Copa de 1962 pela Espanha.

Outras cartas encontradas no Footysphere trazem Zebec (Iugoslávia das Copas de 1954 e 1958), Piantoni (que fez um dos gols da França na derrota de 5 x 2 para o Brasil na Copa de 1958), Dellacha (jogou a Copa de 1958 pela Argentina) e Skoglund (vice-campeão da Copa de 1958 pela Suécia).

 O post do Footysphere com mais craques do baralho está neste link.

***

Posts relacionados

***

(Imagens: tumblr Footysphere)