Estudo aponta que dorminhocos costumam se alimentar mal

Além de comer menos vegetais e mais fast-food, quem acorda tarde costuma fazer menos atividades físicas

Cuidado: o sono excessivo pode prejudicar sua rotina (reprodução Pinterest) Cuidado: o sono excessivo pode prejudicar sua rotina (reprodução Pinterest)

Cuidado: o sono excessivo pode prejudicar sua rotina (reprodução Pinterest) (Reprodução/Divulgação)

O hábito de dormir bastante não está necessariamente relacionado a uma vida saudável.

Uma pesquisa da Northwestern University, nos EUA, constatou que pessoas que costumam dormir cerca de 7 horas e meia por dia têm hábitos alimentares piores do que aquelas que dormem menos.

Excesso de fast-food e poucos vegetais nas refeições são características comuns a maioria das pessoas do primeiro grupo.

O estudo ainda indicou que a turma que dorme bastante e acorda tarde estão menos aptas a praticarem exercício físico na rotina.

Em média, este grupo costuma ir dormir às 0h45 da madrugada, sendo assim pessoas com uma rotina noturna.

Por outro lado, apesar dos hábitos alimentares serem considerados não saudáveis, a pesquisa não confirmou a tese: quem dorme mais está propenso a estar acima do peso.

Os dados relativos ao IMC (Índice de Massa Corporal) foram semelhantes ao do grupo que dorme e acorda mais cedo.

O estudo é preliminar e novos resultados ainda podem ser divulgados pela Universidade.