Na Rio 2016, as medalhas são ecológicas!

Essa e outras curiosidades sobre o prêmio mais desejado por todos os esportistas olímpicos...

Você já parou para pensar nas medalhas olímpicas? Quantas são produzidas, como são feitas, quanto custam? Para sanar nossas curiosidades, o site BBC.com listou algumas informações bem interessantes sobre elas.

Para começar, foram produzidas  5.130 medalhas para os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos 2016 e todas elas foram feitas pela Casa da Moeda.  Com um diâmetro de 85 mm e um peso de 500 gramas são as maiores e mais pesadas da história.

VEJA TAMBÉM

E o projeto das medalhas de 2016 trouxe novidades. É possível ver algumas folhas de louro – símbolo da vitória na Grécia antiga – em torno do logotipo da Rio 2016. Com elas, o objetivo era representar não só excelência atlética, mas também as forças da natureza e os princípios da sustentabilidade e acessibilidade.

Além disso, as medalhas vêm em uma caixa de madeira em forma de pedra, que foi certificada pelo Conselho para a Proteção das Florestas, garantindo que o material procede exclusivamente de florestas que atendam aos mais altos padrões de sustentabilidade. Para fazer isso, exigiu-se o cumprimento dos critérios ambientais rigorosos e de padrões de trabalho.

No processo de obtenção de ouro, por exemplo, foi proibido o uso de mercúrio, um grande poluente. Para as medalhas de prata e bronze, 30% do material usado é reciclado. Da mesma forma, metade do plástico usado para fazer as fitas das medalhas vem de garrafas recicladas. Há, ainda, a identificação das categorias feminino e masculino e da modalidade esportiva nas bordas.

Quanto às medalhas dos Jogos Paralímpicos, elas vão incorporar um pequeno dispositivo interno que faz barulho quando elas são sacudidas para ajudar os atletas com deficiência visual a reconhecer o que ganharam. O ouro é o mais barulhento; o bronze menos.

Vale lembrar, também, que o slogan destes Jogos é “Um mundo novo”. Ele foi escolhido para representar as oportunidades que o futuro guarda, simbolizando que o Brasil e a América do Sul tiveram uma grande oportunidade sediando os Jogos Olímpicos.