O metrô de Nova York pelo olhar de Kubrick

O americano Stanley Kubrick foi um dos maiores cineastas do século 20, diretor de clássicos como Glória Feita de Sangue, Lolita, Dr. Fantástico, 2001: Uma Odisseia no Espaço, Laranja Mecânica, O Iluminado e Nascido Para Matar (já tá bom “só” com esses, né?). Mas, antes de fazer filmes, ele trabalhou como fotógrafo profissional. Aos 18 […]

O americano Stanley Kubrick foi um dos maiores cineastas do século 20, diretor de clássicos como Glória Feita de Sangue, Lolita, Dr. Fantástico, 2001: Uma Odisseia no Espaço, Laranja Mecânica, O Iluminado e Nascido Para Matar (já tá bom “só” com esses, né?). Mas, antes de fazer filmes, ele trabalhou como fotógrafo profissional. Aos 18 anos, em 1946, foi contratado para a equipe da revista Look.

Em um de seus primeiros trabalhos para a publicação, Kubrick registrou cenas dentro dos trens e estações do metrô de Nova York (a cidade natal dele).

Há flagrantes de cansaço, de momentos solitários nas plataformas, de casais carinhosos.

E eis um momento de, digamos, falta de cavalheirismo, em que uma mulher viaja em pé — nitidamente contrariada com seu desconforto — enquanto alguns marmanjos sentados não parecem muito dispostos a ceder um lugar a ela.

O acervo de fotografias de Stanley Kubrick para a revista Look (que foi extinta em 1971) está no Museum of the City of New York. No site do museu, pode-se ver mais de 7 mil fotos produzidas pelo então futuro diretor de cinema.

As fotos do metrô foram destaque no blog do museu. O post está neste link.

***

Posts relacionados

***

(Fotos: reproduzidas do blog do Museum of the City of New York — mcnyblog.org)