Por que fazer uma mulher gozar não é só responsabilidade sua

Nossa colunista vai tirar um peso dos seus ombros. Cada um é responsável pelo próprio prazer, mas sexo nunca vai deixar de ser uma via de duas mãos

 (pxhere.com/Reprodução)

Já escrevi algumas vezes sobre orgasmo feminino. E o motivo pelo qual esse assunto sempre vem à tona é que falta de orgasmo ou dificuldade para chegar lá são as principais reclamações das mulheres.

Aqui, por ser uma publicação masculina, geralmente foquei na responsabilidade que o homem tem nisso.

Como fazer uma mulher gozar? Quais são os pontos que você nem sempre dá muito valor, mas a enlouqueceria se desse?

Falei da importância de diminuir a ansiedade tão tipicamente masculina para tentar chegar no ritmo dela, da importância de fazer ela falar o que gosta (porque verbalizar seus desejos não é natural para a mulher) e de muitas outras questões que fariam você conseguir fazê-la gozar mais facilmente.

Mas nunca escrevi sobre a responsabilidade dela no próprio orgasmo.

As mulheres não são ensinadas a ser responsáveis pelo próprio prazer. Elas têm vergonha. Por mais liberais que pareçam e por mais feminista que seja o discurso, elas têm arraigado no inconsciente essa herança que foi passada através das gerações anteriores segundo a qual o homem vai ensiná- la, vai proporcionar o prazer que ela precisa.

Aquela ideia de ser iniciada pelo homem – o que é um pensamento extremamente machista. E por isso vemos ainda discursos como o de algumas mulheres que me falam que não se masturbam porque “não sentem a necessidade” ou que não veem pornô porque “não sentem tesão com o sexo mostrado daquele jeito tão explícito”.

Arrisco dizer que 90% das que dizem isso têm por trás do discurso essa trava histórica que as levam a não ser responsável pelo próprio prazer.

Quando uma amiga ou leitora vem me dizer que não consegue gozar, a primeira coisa que pergunto é: “Você se masturba?”. E a resposta geralmente é negativa.

 (Pxhere/Reprodução)

Por isso sustento fortemente a tese de que quem tem dificuldade com orgasmo é porque não se conhece. E a falta de naturalidade da mulher com a pornografia vai na mesma linha.

A ideia de ver um pornô para se excitar soa muito estranha ou antinatural para muitas – inclusive para as bem jovens. É realmente algo que está introjetado de maneira bem profunda no mundo feminino.

Outra prova disso é a resignação que muitas têm com a falta de libido que a pílula anticoncepcional traz como efeito colateral e que pode deixá-las com dificuldade de gozar.

Você pode não saber, mas a pílula tem esse lado B. Só que a maioria das mulheres não tenta mudar de método ou resolver.

Vou ter que puxar um pouco a responsabilidade para os homens de novo porque você deve estar se perguntado: “Onde EU entro nisso?”.

Então, esse meu texto é para você relaxar e se libertar do peso de toda a responsabilidade pelo prazer dela, mas, compreendendo a complexidade da sexualidade feminina, tentar achar outros meios não óbvios e práticos de fazer a parceira entrar mais em contato consigo mesma.

Não tenha medo dos brinquedos eróticos, incentive-a a usar. Incentive a se masturbar, a se conhecer. Tente trazer erotismo para a vida dela, se isso não é algo natural.

Cada um é responsável pelo próprio prazer, mas sexo nunca vai deixar de ser uma via de duas mãos.

* Carol Teixeira é filósofa e escritora e tem o blog aobscenasenhoritac.com.br. Siga-a: @carolteixeira_

Veja também
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s