Ser ansioso pode ajudá-lo na hora de tomar decisões

Estudo publicado na Revista Europeia de Psicologia Social veio para desmistificar a ideia de que a ansiedade prejudica todo tipo de desempenho

Corrida Ansiedade

(agenciamotriz/Reprodução)

Mais uma prova de que “há males que vem para o bem”. Um novo estudo publicado na Revista Europeia de Psicologia Social sugere que a ansiedade está ligada ao melhor desempenho em algumas situações. Dentre elas, a capacidade de tomar boas decisões quando em urgência.

Essa conclusão veio de um teste feito com a atenção desprendida em um cenário de tiro. Para a pesquisa, 38 homens e 52 mulheres de Israel usaram um jogo de iPad de realidade aumentada chamado Real Strike,  que adiciona a visão em primeira pessoa ao segurar um rifle e, permite aos usuários dispararem. 

Os participantes foram instruídos a dispararem apenas em quem estava segurando uma arma na mão. Isso em um cenário repleto de outros objetos que poderiam passar por um armamento também.

Após o jogo, todos preencheram um questionário que colocava em questão o nível de adrenalina gasto na simulação com questões como: “Você em algum momento ficou preocupado em ficar sozinho na fase?”. Os resultados mostraram que os jogadores que procuraram eliminar os inimigos com ligeireza eram mais precisos na detecção de ameaças.

Mais: eles foram mais propensos a disparar corretamente, tiveram menos problemas quando tinham armas apontadas para eles e tomaram menos tiros.

Sniper Ansiedade

(Pixabay/Reprodução)

“Ser ansioso é muitas vezes avaliado como desadaptativo. Mostramos que, contrariamente ao pensamento comum, a calma é inadequada no contexto das decisões de tiro, enquanto a ansiedade é adaptativa”, explicou o autor do estudo, Tsachi Ein-Dor, do Centro Interdisciplinar de Herzliya.

É importante entender, no entanto, que cada personalidade tem suas vantagens e desvantagens. “As pessoas não devem avaliar o caráter como bom ou ruim”, acrescentou Ein-Dor. “Cada um deve procurar o contexto em que sua personalidade torna-se bem-sucedida. Neste caso, a ansiedade é um fator positivo dentro de um clima de tensão”.

Enquanto vemos o lado bom da ansiedade podemos ser traídos por esse sentimento típico (e perigoso) de quem vive no futuro, se preocupando com as coisas que ainda vão acontecer. Um alto nível pode ser encarado até como transtorno de ansiedade generalizada (TAG), um distúrbio mental que se manifesta de forma excessiva, persistente e de difícil controle.

Nossos colegas da revista Saúde aprofundou a discussão sobre essa aflição e reuniu as principais dúvidas sobre o tema, desvendando o que é real e o que não passa de mito. Tá aí um bom start para saber se a ansiedade está atuando no seu time ou no adversário.