Um guia para aproveitar o melhor do verão 2018

Hotéis badalados, festas, drinks, petiscos, esportes e mais novidades... Tudo para curtir ao máximo a temporada mais quente do ano

 (Getty Images/Reprodução/VIP)

As outras estações que nos perdoem, mas nada se compara com a vida ao sol. Por isso preparamos uma lista com as melhores novidades no Rio de Janeiro e no litoral norte de São Paulo para você aproveitar as férias como se deve. Só não se esqueça de voltar.

 

RIO DE JANEIRO

Nenhuma capital brasileira respira tanto o espírito do verão – e lança tantas tendências na época mais festiva do ano


Hotelaria ensolarada

As melhores novidades do setor e um ícone imbatível

Sofitel, em Ipanema

Ocean Lounge O Ocean Lounge, do Sofitel

O Ocean Lounge, do Sofitel (Tiago de Paula Carvalho/Reprodução)

Reaberto há pouco com novo nome e bandeira após uma providencial reforma, está situado entre o Leblon e o Arpoador e se divide entre 223 quartos, alguns com até 250 metros quadrados. O novo restaurante Galani, a cargo do chef francês Jérôme Dardillac, serve de atrativo também para não hóspedes. Diárias a partir de R$ 750.


Emiliano Rio, em Copacabana

 (Divulgação/Reprodução)

Inaugurada em julho, a filial do hotel paulistano em frente à Praia de Copacabana é assinada por Arthur Casas, soma 90 irretocáveis suítes e tem uma cobertura com piscina tão ou mais instagramável que a do Fasano Rio. O restaurante, Emile, com o chef francês Damien Montecer, privilegia pescados. Diárias a partir de R$ 1 450.


Mama Shelter, em Santa Teresa

 (Divulgação/Reprodução)

Encarapitado em Santa Teresa, foi criado pelo arquiteto Jalil Amor, antigo assistente do Philippe Starck. Com decoração moderninha, tem só 55 quartos, muitos com uma vista fora de série. Abertos o dia todo, o bar e o restaurante do hotel apostam em clássicos como bolinho de feijoada e caipirinhas. Diárias a partir de R$ 362.


Santa Teresa Mgallery by sofitel, em Santa Teresa

Hotel Santa Teresa Rio MGallery by Sofitel

 (Divulgação/Reprodução)

Adquirido pelo grupo Accor em 2016, o antigo e sempre badalado Hotel Santa Teresa, que já hospedou Amy Winehouse, se destaca pela piscina com vista panorâmica e o SPA com a chancela L’Occitane. O bar, fora de série, tem a supervisão do bartender Renato Tavares. Diárias a partir de R$ 871.


Fasano, em Angra dos Reis
Prevista para abrir logo após o Réveillon, a aguardadíssima nova unidade do hotel integra o complexo do FRAD.E, um oásis de luxo que se espalha por 17 milhões de metros quadrados pontuados por vilas e um campo de golfe. Com o característico luxo do Fasano, as 60 suítes são todas voltadas para o mar de Angra. Preços de diárias sob consulta.

 

Os balcões da vez

No ano passado, o Rio aprimorou ainda mais sua coquetelaria

Porto Frescatto, na Barra da Tijuca
Inaugurada em julho na Barra da Tijuca, a filial da butique de pescados do Leblon tem cardápio assinado pelo chef Rodrigo Schweitzer. Lista de tempurá de sardinha (R$ 24) a vieiras ao molho de beurre blanc com purê de baroa e farofa de panko (R$ 68). Os drinques são da bartender Jéssica Sanchez, a exemplo do yuzu mule, com vodca, refrigerante artesanal de gengibre e espuma de yuzu (R$ 26).


Garoa Bar Lounge, no Leblon

 (Rodrigo Azevedo/Divulgação)

Instalado há coisa de um ano na sempre movimentada Rua Dias Ferreira, no Leblon, é uma filial de um pub aberto há duas décadas na região da Galícia, na Espanha. Ao som de música lounge, a clientela beberica drinques como o garoa bitter mix, feito com bourbon, bitter, vermute e Campari com suco de limão e soda artesanal de grapefruit. É servido num copo defumado com casca de macieira (R$ 36).

“Para contemplar a melhor vista da cidade, pegue a bike e saia do Jardim Botânico até a Vista Chinesa. Na descida, almoce o melhor filé com fritas da cidade no Filé de Ouro (Rua Jardim Botânico, 731) e termine no Arpoador.”

Rony Meisler, CEO Grupo Reserva

 

Drinque ou vinho? Os dois!

Onde comprovar a tendência que mistura as duas coisas

Grape Martini, no Baretto-Londra

Grape Martini

 (Reprodução/Divulgação)

O bar do Hotel Fasano prepara o coquetel com vinho branco, vodca, uvas, limão e sour mix (R$ 54).


Piscatella, no Etta Bar
Ao visitar esta elegante casa em Botafogo, não esqueça de dar uma chance ao drinque que combina pisco, suco de limão-siciliano, açúcar, vinho malbec e clara de ovo (R$ 24,90).


Tea Time, no Explorer Bar
União de chá de hibisco caseiro, sangria de vinho, gim e uma rodela de laranja (R$ 19), é um dos pedidos mais recorrentes no bar de Santa Teresa.

 

A festa

A balada que promete bombar na temporada

La Notte, no Fasano, em Ipanema

 (Reprodução/Divulgação)

Até o dia 17 de fevereiro, quem não está hospedado no Fasano Rio pode badalar ao redor da famosa piscina na cobertura do hotel nas noites de sexta e sábado, das 21h à 0h, e aproveitar o bar dali. A trilha sonora fica a cargo de um DJ.

 

A novidade

Um polo que reúne arte, música e gastronomia

Camolese, no Jardim Botânico

 (Rodrigo Azevedo/Divulgação)

Trata-se de uma parceria do empresário Cello Macedo, dono das casas Zazá Bistrô e 00, e do artista Vik Muniz. Reúne clube de jazz, restaurante e rotisseria e fica dentro do Jockey Club. Em atividade há um ano, a galeria de arte contemporânea Carpintaria, filial da paulistana Fortes D’Aloia & Gabriel, também integra esse novo polo, que tem ainda um espaço cultural do estilista Oskar Metsavaht e, em breve, uma filial da galeria de arte Nara Roesler.

 

A onda hipster

A febre das cervejas artesanais chegou tarde, mas veio com tudo

Brewsil

 (Reprodução/Divulgação)

Das oito torneiras do Brewsil, recém-aberto em Botafogo, jorram rótulos da microcervejaria e de outras marcas – da casa, prove o chope session IPA Floripa (R$ 10).


Fort Mohave
Em funcionamento desde agosto, este bar também em Botafogo dispõe de 12 bicos de chopes com criações próprias, caso da belgian dark strong ale Bandita.


Antuérpia
A cervejaria de Minas rumou para o Leblon. Oferece chopes de trigo, pilsen, red ale, witbier, IPA e tripel.

 

Os petiscos da temporada

Uma seleção de novos acepipes que valem a visita

Dupla croc, em Copacabana
Uma das novidades de verão do Seu Vidal, em Copacabana, consiste numa porção de camarões empanados no curry e coco ralado mais chips de batata-doce roxa e maionese de alho-poró (R$ 35).


Lula salteada em tiras, no Jardim Botânico

 (Reprodução/Divulgação)

A nova seleção do Puro, no Jardim Botânico, comandado pelo chef Pedro Siqueira, privilegia entradas como a lula com tomate-cereja, rúcula, limão e crisp de alho (R$ 29).

 

Para brindar ao verão

Quatro novidades que harmonizam bem com a estação

Caliterra Shiraz Rosé Reserva

 (Reprodução/Divulgação)

Rosé é sinônimo de verão. Prepare-se para sentir notas de frutas vermelhas e de pêssego ao degustar este vinho chileno feito apenas com uvas syrah
(R$ 82).


B.R.U 39

 (Reprodução/Divulgação)

Conhecido pela mureta à beira-mar, o tradicional bar Urca, aberto em 1939, se uniu à cervejaria Bohemia para criar um rótulo próprio. O resultado é a pilsen puro malte levinha B.R.U 39 (R$ 10).


Boya Rosé

 (Reprodução/Divulgação)

Elaborado praticamente só com uvas pinot noir mais um toque de grenache, o rosé da Viña Garcés Silva, no Chile,
foi premiado com 90 pontos pelo Guía Descorchados com sua primeira safra (R$ 111,90).


Sun4Fun

 (Reprodução/Divulgação)

Primeiro rótulo da cervejaria SunnyBrew, esta session IPA foi pensada para o verão. Com notas cítricas que remetem a frutas amarelas, tem amargor médio e ótima refrescância
(R$ 26).


Freixenet Ice Rosé
Lançada em junho, a cava combina aromas delicados de framboesa e blueberries (leva uvas grenache, pinot noir e chardonnay). É para servir com gelo e vai bem com rodelas de morango, entre outras frutas (R$ 90).

 

Direto do forno

Os novos restaurantes que todo foodie precisa conhecer

Ella, no Jardim Botânico
Com a pizzaria, aberta em agosto, o chef Pedro Siqueira, à frente também do Puro e do Massa, já se pode considerar um restaurateur de sucesso. Aos moldes das pizzarias de Nápoles, a nova casa só trabalha com massa de fermentação espontânea. A cobertura que mais salta aos olhos é a que leva creme azedo, polvo crocante, pancetta defumada e vinagrete de biquinho (R$ 37).


Nola, no Leblon
Ancorado na fórmula comfort food + preços camaradas, o restaurante de comida variada situa-se onde antes funcionava o Brigite’s, no Leblon. Em ambiente aconchegante, tem cardápio assinado por Thiago Sodré, que lista do levinho tartar de atum com crocante de quinoa e abacate (R$ 49) ao encorpado nhoque de batata-doce com ragu de cogumelos e fios de cebolinha (R$ 49).


Grado, no Jardim Botânico

 (Tomas Rangel/Divulgação)

Instalada num agradável sobrado no Jardim Botânico, a empreitada do chef Nello Garaventa se define como uma trattoria na qual o polvo e outros pescados são finalizados na brasa de um forno a lenha. O polvo chega à mesa grelhado no carvão com risoto de couve-flor (R$ 78). A farinata de grão-de-bico com gorgonzola e cebola caramelizada (R$ 28), outro hit, vai agradar até quem pegou bode do termo. Informações em (21) 3253-3101.


SÃO PAULO

Mata Atlântica, águas límpidas e muita badalação nas praias paulistas mais concorridas

 

Conforto garantido

Os melhores hotéis e pousadas das redondezas

TW Guaimbê, em Ilhabela

Espreguiçadeiras no hotel TW Guaimbe Exclusive Suites.

Espreguiçadeiras no hotel TW Guaimbe Exclusive Suites. (Romulo Fialdini/Divulgação)

Situado na Praia do Julião, o beach club exclusivo chama atenção pela piscina com borda infinita e as suítes equipadas com cama king size, roupão de algodão egípcio, lençóis de 600 fios… Praticantes de pilates, ioga e funcional têm um personal trainer à disposição. Diárias sob consulta.


Maui Maresias, em São Sebastião
Este charmoso hotel de um ano tem somente 21 suítes e seu ponto alto são os serviços personalizados, inclusive na praia – como oferecer bebidas e toalhas geladas nas espreguiçadeiras. O bar e o ótimo restaurante Guató, comandado pelo chef Murilo Oliveira, têm vista para a piscina. Diárias a partir de R$ 850.


DPNY, em Ilhabela
O trecho da Praia do Curral no qual se encontra o hotel é um dos mais badalados de Ilhabela. A razão é o beach club local, inspirado nos de Ibiza. Aberto das 9h à 1h da manhã, conquista pelos drinques, vinhos, sushi bar e clientela animada.

 

Para comer e beber sem erro

Nossa seleção dos melhores bares e restaurantes da região

Bar Lambisgoia, em Ilhabela

 (Wellington Nemeth/Divulgação)

O bar decorado com sofás de alvenaria e luminárias de palha acaba de incluir dois ceviches no cardápio. Um deles combina salmão, guacamole, chips e gergelim (R$ 42). O ítalo-peruano leva peixe branco, tomate fresco, limão-siciliano, manjericão, pimenta seca e azeitona (R$ 38).


Nós Gastronomia, em Ubatuba

Em funcionamento no Saco da Ribeira desde o final de 2016, deve sua crescente fama a receitas como camarão com pupunha e molho de manjericão roxo (R$ 42) e camarões e lulas salteados com vinho e molho de ostra com pupunha spicy com gengibre (R$ 68).

“Para comer o melhor marisco ao vinagrete da sua vida, vá à Praia Toque Toque Grande, em São Sebastião, bem no canto esquerdo, e procure por uma barraca de praia bem simples, a do Cesinha.”

Gilberto Elkis, paisagista

 

Na forma da temporada

As principais tendências esportivas do verão

Waterline
Quem já tentou se aventurar no slackline sabe o quão difícil é se equilibrar (e andar) em cima daquela fita elástica suspensa. Nova modinha promovida por academias cariocas como a 360 Sports, na Barra da Tijuca, o waterline consiste na mesma ideia, mas sobre a água. Informações aqui.


Beach Tênis
Praticado nas quadras de vôlei de praia, o esporte criado na Itália nos anos 80 se vale de raquetes e bolinhas semelhantes às do frescobol e conta pontos quase como o tênis. Nas areias de Copacabana, Ipanema e Leblon virou febre.


Kitefoil
Da mesma família do kitesurfe, demanda uma espécie de prancha se surfe com quilha comprida e fina que minimiza o atrito e deixa os velejadores completamente fora da água. A razão da novidade ser cada vez mais vista no litoral é esta: com o kitefoil atinge-se uma velocidade bem maior que no kitesurfe.

 

Com calor e com estilo

Uma seleção de novidades para manter a elegância

Bermuda AHLMA

 (AHLMA/Divulgação)

A grife cujo diretor criativo é André Carvalhal lançou em dezembro uma coleção em parceria com o estilista Maxime Perelmuter. Sustentável, é feita com matérias-primas que estavam esquecidas nas fábricas e composta por quatro camisas e três boardshorts como este ao lado, vendido a R$ 198.


Cordinhas para óculos

 (Reprodução/Divulgação)

Estão de volta? Sim, de acordo com o site The Summer Hunter, que está lançando duas delas em parceria com a grife As Cordinhas. Feitas à mão em algodão, custam R$ 69 cada uma.

 

À prova de areia

Novidades tecnológicas para incluir na bagagem

Bike Cannondale Hooligan

 (Reprodução/Divulgação)

Uma das bikes urbanas mais funcionais, dispõe de rodas pouco menores que outros modelos. Leve e dobrável. US$ 1 030


Drone Mavic Pro Platinum

 (Reprodução/Divulgação)

Tem autonomia de voo de 30 minutos, câmera móvel de 12 megapixels (e capacidade para filmar em 4K). US$ 1 399


Grelha Velocity

 (Reprodução/Divulgação)

Dotada de ventilador interno, mantém o fogo entre 200 a 1 000 graus com apenas dois pedaços de lenha e, prática, pesa menos de 8 quilos. US$ 160 na Amazon.com.


Caixa de som Blast

 (Reprodução/Divulgação)

Com revestimento à prova d’água e 12 horas de autonomia, é ideal para a praia. Wireless, emana som em 360 graus.
US$ 299,99

 

Newsletter Conteúdo exclusivo para você
E-mail inválido warning
doneCadastro realizado com sucesso!