‘Estrelas Além do Tempo’: mulheres em busca de “espaço”

Indicado a melhor filme, o longa estreia hoje nos cinemas de todo o Brasil. A VIP já assistiu e aprovou!

Indicado a três categorias na próxima edição do Oscar (por melhor filme, melhor roteiro adaptado e atriz coadjuvante), Estrelas Além do Tempo, que se passa na década de 60, conta a história de três mulheres negras — pioneiras, de formação respeitável — em busca de um sonho aparentemente impossível: ter altos cargos na NASA, em um país onde reina preconceito e a corrida espacial é o principal tema da época.

Taraji P. HensonOctavia SpencerJanelle Monáe compõe o time de protagonistas do filme que, logo de cara, se mostra determinado e surpreendente. Com base em vídeos reais e personagens históricos (como John Glenn, o primeiro norte-americano a ir para o espaço, e o presidente John F. Kennedy), a narrativa é recheada de romance, conquistas e muita matemática.

Mesmo ao brincar com a data de alguns eventos e fazer funcionar a única “linha temporal científica”, temos uma versão fiel ao que ocorreu com o time Katherine Johnson, Dorothy Vaughan and Mary Jackson. As limitações de acesso a parte essencial dos arquivos é somente uma fração do que elas sofreram, afinal, na época pré-Rosa Parks, assentos de ônibus e até banheiros eram segregados pela cor de pele. A história trata exatamente deste tipo de conflitos e obstáculos enfrentados pelo trio.

Créditos: HowStuffWorks/NASA Créditos: HowStuffWorks/NASA

Créditos: HowStuffWorks/NASA (/)

Estrelas Além do Tempo consegue ser uma excelente aula sobre a corrida espacial, evolução tecnológica, segregação/preconceito e, em suma, sobre a história norte-americana dos anos 1950 e 1960. É um “espaço” ao trio de mulheres que não teve a voz merecida, servindo como parte essencial de um dos maiores passos do homem.

Assista ao trailer: