Netflix completa 20 anos: veja como ele funcionava em 1997

Sim, duas décadas: a plataforma começou em 1997, como um serviço de entrega de DVDs pelo correio

Netflix

 (Getty Images/VIP)

A plataforma de streaming Netflix chegou ao Brasil apenas em 2011.

Talvez por isso poucos saibam que a empresa iniciou suas operações há duas décadas como uma locadora on-line que entregava DVDs pelo correio na residência de seus clientes.

Fundada na Califórnia por Reed Hastings e Marc Rudolph em 29 de agosto de 1997, a Netflix se popularizou dois anos depois com um sistema de assinatura mensal que permitia a locação ilimitada de títulos por um preço baixo.

Na época, era comum que o cliente pagasse taxas e multas por atraso na devolução dos filmes alugados.

Ainda antes da virada do milênio, Jeff Bezos, o midas da Amazon, fez uma oferta de 12 milhões de dólares pela companhia, mas a proposta foi recusada – hoje a Amazon tem seu próprio serviço de streaming.

Curiosamente, apesar de rechaçar Bezos, a Netflix chegou a se oferecer para ser comprada pela Blockbuster por 50 milhões de dólares em 2000.

No entanto, a então gigantesca rede de locadoras desprezou a oferta por acreditar que a concorrente fazia parte de um mercado de nicho.

Em 2010, enquanto a Netflix iniciava sua expansão internacional, a Blockbuster entrava com pedido de falência nos Estados Unidos.

O modelo de streaming só foi introduzido pela Netflix em 2007, quando a empresa comemorava a marca de 1 bilhão de DVDs alugados. Com o novo serviço, seus assinantes puderam assistir a séries e filmes on-line instantaneamente.

Em 2011, a empresa passou a oferecer apenas streaming e criou um negócio paralelo para o aluguel de DVDs, o Qwikster.

Não deu tão certo: a medida levou à perda de milhares de assinantes e o CEO Reed Hastings teve de se desculpar publicamente.

Esse desvio de rota foi corrigido mais tarde, com o encerramento do Qwikster e o empréstimo dos DVDs ao domínio dvd.com (ainda ativo).

O crescimento do número de assinantes foi retomado. Hoje, são mais de 100 milhões e a Netflix está presente em mais de 190 países.

É a maior provedora de televisão via internet, além de produtora de conteúdos originais desde 2013, quando estreou a série House of Cards.

Outros seriados como Stranger Things, Narcos, Orange is The New Black e The Crown figuram nas principais premiações do entretenimento.

E o filme Okja participou do último Festival de Cinema de Cannes, em maio.

Hastings estima que a empresa deverá investir 6 bilhões de dólares em novas produções ainda neste ano. Quem diria…